terça-feira, 15 de novembro de 2016

Em Banias, Apóstolo fala da vitória sobre o medo

Nas Colinas de Golan, aos pés do Monte Hermon, está o Sítio Arqueológico de Banias, que era conhecido como Cesareia de Filipe, nos tempos bíblicos.


A história conta que o imperador Cesar Augusto entregou a cidade a Herodes, o Grande, que, por sua vez, construiu um enorme templo de mármore branco em homenagem a Cesar Augusto, porém, quando Herodes faleceu, seu filho, Herodes Filipe, a ampliou e a nomeou de Cesareia de Filipe, para distingui-la da Cesareia Marítima e também como uma forma de homenagear o imperador romano e a si mesmo.

Mateus 16.13 a 20: “Indo Jesus para os lados de Cesaréia de Filipe, perguntou a seus discípulos: Quem diz o povo ser o Filho do Homem? E eles responderam: Uns dizem: João Batista; outros: Elias; e outros: Jeremias ou algum dos profetas. Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou? Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Então, Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que torevelaram, mas meu Pai, que está nos céus. Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus.".

Banias era uma das cidades mais pagãs dos tempos bíblicos. Na região, havia o templo do deus Pan. Ele era adorado dentro de cavernas escuras que causavam pânico.

Na manhã desta terça-feira (15), primeiro dia da viagem da Renascer em Cristo a Israel, os participantes da caravana foram ministrados pelo Apóstolo Estevam, no local

Confira, a seguir, algumas imagens da visita à região:






Redação iGospel
Fotos: Karin Marcitello e Fautos Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.