quinta-feira, 15 de março de 2018

Conselho do Apóstolo: A agressão é o fim da linha!


Todos os dias, Apóstolo Estevam Hernandes leva uma palavra esclarecedora aos ouvintes e telespectadores durante o “Renascer em Revista”, seu programa matinal na Rede Gospel de TV e de Rádio.

Confira, a seguir, os conselhos que ele deixou para Jéssica, que, assim como muitas mulheres, vive em um ambiente de insegurança e violência:

Dúvida: Apóstolo, eu tenho enfrentado uma crise muito séria no meu casamento. Eu estou casada de ser vítima de agressões – físicas e verbais. Eu já ameacei deixar meu marido, mas ele sempre fala que eu vou me arrepender e me ameaça. O que mais me deixa mais transtornada é que, na época em que namorávamos, ele era carinhoso e atencioso. Mas, depois que casamos, ele se transformou em um monstro. O que eu faço?

Resposta: Querida Jéssica, na Bíblia (Mateus 19.8), está escrito que a carta de divórcio foi liberada por Moisés em caso de dureza de coração. O que é dureza de coração? É exatamente o caso do seu marido.

Pessoas duras de coração agridem, tiram a dignidade, massacram, humilham e se aproveitam da fraqueza da outra.

Que tipo de homem é esse que agride uma mulher? Não existem justificativas para tamanha covardia!

Uma pessoa assim só pode estar possessa de espíritos malignos, porque Deus não criou ninguém para agir desta maneira. O homem não foi criado para agredir ninguém!

Eu acredito que a agressão física é o final da linha. É sinal de que não existe mais respeito!

No seu caso, o que eu aconselho? Estipular um tempo diante de Deus. E, neste tempo, você vai orar e jejuar pelo seu marido! E, se neste período, ele encostar uma dedo em você, é sinal de que ele realmente não quer mudar. Então, esta será a última vez!

A vontade do Senhor é que haja restauração no seu casamento. A vontade do Senhor é que você tenha um casamento abençoado. Ou seja, a vontade de Deus não tem nada a ver com o que você está vivendo hoje neste relacionamento.

Se eu, como pai, jamais permitiria que minha filha fosse agredida, imagine Deus, que é o nosso Pai de amor!?

Então, querida, ore jejue, consagre-se, interceda, para que essa ação demoníaca não se manifeste mais na sua casa.

Se ele abrir o coração e mudar, amém, que vocês vivam em paz! Caso contrário, que seja a última vez, porque será um sinal de que este relacionamento não é mais para você.  E você vai tomar a devida posição, porque não dá para continuar vivendo desta maneira.

Clique aqui e acompanhe o conselho na íntegra!

Para acompanhar todas as ministrações do Apóstolo Estevam, inscreva-se no canal youtube.com/apestevam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.