terça-feira, 6 de novembro de 2018

Escolhas e consequências!


Gênesis 13.1 a 18: “Saiu, pois, Abrão do Egito para o Neguebe, ele e sua mulher e tudo o que tinha, e Ló com ele. Era Abrão muito rico; possuía gado, prata e ouro.  Fez as suas jornadas do Neguebe até Betel, até ao lugar onde primeiro estivera a sua tenda, entre Betel e Ai,  até ao lugar do altar, que outrora tinha feito; e aí Abrão invocou o nome do SENHOR. Ló, que ia com Abrão, também tinha rebanhos, gado e tendas. 

E a terra não podia sustentá-los, para que habitassem juntos, porque eram muitos os seus bens; de sorte que não podiam habitar um na companhia do outro. Houve contenda entre os pastores do gado de Abrão e os pastores do gado de Ló. Nesse tempo os cananeus e os ferezeus habitavam essa terra.  Disse Abrão a Ló: Não haja contenda entre mim e ti e entre os meus pastores e os teus pastores, porque somos parentes chegados. Acaso, não está diante de ti toda a terra? Peço-te que te apartes de mim; se fores para a esquerda, irei para a direita; se fores para a direita, irei para a esquerda. 


Levantou Ló os olhos e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem regada (antes de haver o SENHOR destruído Sodoma e Gomorra), como o jardim do SENHOR, como a terra do Egito, como quem vai para Zoar. Então, Ló escolheu para si toda a campina do Jordão e partiu para o Oriente; separaram-se um do outro. Habitou Abrão na terra de Canaã; e Ló, nas cidades da campina e ia armando as suas tendas até Sodoma. Ora, os homens de Sodoma eram maus e grandes pecadores contra o SENHOR. 


Disse o SENHOR a Abrão, depois que Ló se separou dele: Ergue os olhos e olha desde onde estás para o norte, para o sul, para o oriente e para o ocidente;  porque toda essa terra que vês, eu ta darei, a ti e à tua descendência, para sempre. Farei a tua descendência como o pó da terra; de maneira que, se alguém puder contar o pó da terra, então se contará também a tua descendência. Levanta-te, percorre essa terra no seu comprimento e na sua largura; porque eu ta darei.  E Abrão, mudando as suas tendas, foi habitar nos carvalhais de Manre, que estão junto a Hebrom; e levantou ali um altar ao SENHOR.”


A nossa vida é feita de escolhas. Por causa de uma escolha errada que fazemos hoje, podemos comprometer todo o nosso futuro!

Abraão cuidou de Ló, seu sobrinho, como se fosse um filho. Ló cresceu e começou a prosperar. Com o passar do tempo, houve uma série de conflitos na família deles.

Abraão, mesmo contra sua própria vontade, decidiu que cada um teria de seguir seu próprio caminho, e deixou o sobrinho escolher para onde ir!

Ló escolheu o lugar mais bonito, foi guiado pelas aparências. Mas Abraão decidiu ir para onde Deus o conduzisse, em vez de deixar que a tristeza invadisse seu coração.

Com base nesta história, eu quero deixar alguns conselhos:

Em primeiro lugar, não deixe que uma separação, que uma perda ou que uma situação contraria à sua vontade roube sua promessa.

Abraão poderia ter ficado em depressão, mas ele fez a opção certa: ser guiado por Deus!

Em segundo lugar, continue caminhando!

Não pare de caminhar! Siga em frente, porque o Senhor é contigo!

Em terceiro lugar, construa um altar de conquistas.


Perto de Hebrom, Abraão construiu um altar, um memorial! Aquele altar representava o ponto de partida para um tempo de vitórias!

Em cima daquela situação de dor e perda, ele construiu um altar de conquistas!

Tudo aquilo que você perdeu será o alicerce do altar que você vai construir a partir de hoje.

A escolha é sua!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.