quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Homens de Aliança: 10 conselhos fundamentais transformar o ambiente familiar



Nós fomos criados para fazer a diferença! Como homens de Deus, precisamos amar, suprir zelar e proteger nossas famílias!

Por isso, eu separei 10 conselhos que são fundamentais para que o ambiente da sua casa mude para melhor:

1º) Troque o seu vocabulário dentro de casa. Seja respeitoso e atencioso;

2º) Faça uma troca de Salmos diária;

3º) Faça uma lista de cinco pontos que você precisa de transformações e coloque em um lugar visível. Desafie-se e lute para vencer cada uma delas;

4º) Junte dinheiro para dar um presente especial para sua esposa e faça uma surpresa para ela;

5º) Ore com sua família, no mínimo, uma vez por dia;

6º) Pergunte para sua esposa as características que você precisa mudar que ela nunca te falou;

7º) Busque recursos para abençoar mais sua família, supere seus limites profissionais;

8º) Tome inciativas espirituais, você é o sacerdote da sua casa;

9º) Faça um curso ministerial, desenvolva o dom que há em ti;

10º) Passe mais tempo com sua família! Seja mais participativo.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

É tempo de romper limites e avançar!


Josué 18.1 a 10: “Reuniu-se toda a congregação dos filhos de Israel em Siló, e ali armaram a tenda da congregação; e a terra estava sujeita diante deles. Dentre os filhos de Israel ficaram sete tribos que ainda não tinham repartido a sua herança. Disse Josué aos filhos de Israel: Até quando sereis remissos em passardes para possuir a terra que o SENHOR, Deus de vossos pais, vos deu? De cada tribo escolhei três homens, para que eu os envie, eles se disponham, e corram a terra, e façam dela um gráfico relativamente à herança das tribos, e se tornem a mim.

Dividirão a terra em sete partes: Judá ficará no seu território, ao sul, e a casa de José, no seu, ao norte. Em sete partes fareis o gráfico da terra e mo trareis a mim, para que eu aqui vos lance as sortes perante o SENHOR, nosso Deus. Porquanto os levitas não têm parte entre vós, pois o sacerdócio do SENHOR é a sua parte. Gade, e Rúben, e a meia tribo de Manassés já haviam recebido a sua herança dalém do Jordão, para o oriente, a qual lhes deu Moisés, servo do SENHOR.

Dispuseram-se, pois, aqueles homens e se foram, e Josué deu ordem aos que iam levantar o gráfico da terra, dizendo: Ide, correi a terra, levantai-lhe o gráfico e tornai a mim; aqui vos lançarei as sortes perante o SENHOR, em Siló. Foram, pois, os homens, passaram pela terra, levantaram dela o gráfico, cidade por cidade, em sete partes, num livro, e voltaram a Josué, ao arraial em Siló. Então, Josué lhes lançou as sortes em Siló, perante o SENHOR; e ali repartiu Josué a terra, segundo as suas divisões, aos filhos de Israel.”

Josué, ao ver o povo de Israel trabalhando e ocupando espaços na Terra Prometida, percebeu que havia determinadas tribos acomodadas e desinteressadas.

Ele, então, os exorta e os encoraja! Naquele contexto, Calebe se tornou um grande exemplo de conquista, porque, mesmo com a idade avançada, manteve-se motivado, porque Ele sabia que Deus tinha muito mais!

Assim como Calebe, nós precisamos:

1- Demarcar graficamente a área que desejamos ocupar e estaqueá-la

Josué 18.8: “Dispuseram-se, pois, aqueles homens e se foram, e Josué deu ordem aos que iam levantar o gráfico da terra, dizendo: Ide, correi a terra, levantai-lhe o gráfico e tornai a mim; aqui vos lançarei as sortes perante o SENHOR, em Siló.”

Efésios 3.20: “Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós...”

Precisamos transpor a barreira da acomodação!

2- Lutar contra as limitações interiores!  

Números 13.33: “Também vimos ali gigantes (os filhos de Anaque são descendentes de gigantes), e éramos, aos nossos próprios olhos, como gafanhotos e assim também o éramos aos seus olhos.”

Precisamos quebrar a aliança com o fracasso!

Sofonias 3.15: “O SENHOR afastou as sentenças que eram contra ti e lançou fora o teu inimigo. O Rei de Israel, o SENHOR, está no meio de ti; tu já não verás mal algum.”

Não podemos ter medo de ser alguém, porque o Senhor nos capacita!

Provérbios 23.7: “Porque, como imagina em sua alma, assim ele é; ele te diz: Come e bebe; mas o seu coração não está contigo.”

3- Despertar o espírito de conquista e avançar!  

Números 13.20: “Então, Calebe fez calar o povo perante Moisés e disse: Eia! Subamos e possuamos a terra, porque, certamente, prevaleceremos contra ela.”

Precisamos ter o desejo de evoluir, sair definitivamente do deserto e deixar de ter uma mente escrava!

2 Coríntios 9.11: “... enriquecendo-vos, em tudo, para toda generosidade, a qual faz que, por nosso intermédio, sejam tributadas graças a Deus.”

Todo o processo de conquista começa no mundo espiritual. Assim, colocamo-nos debaixo dos propósitos e das promessas superiores do Senhor.

Hebreus 12.24: “... e a Jesus, o Mediador da nova aliança, e ao sangue da aspersão que fala coisas superiores ao que fala o próprio Abel.”


O tempo é agora! Avance e conquiste, porque Deus tem muito mais!

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

As portas estão abertas para um novo tempo!


2 Crônicas 29.3 a 11: “No primeiro ano do seu reinado, no primeiro mês, abriu as portas da Casa do SENHOR e as reparou. Trouxe os sacerdotes e os levitas, ajuntou-os na praça oriental e lhes disse: Ouvi-me, ó levitas! Santificai-vos, agora, e santificai a Casa do SENHOR, Deus de vossos pais; tirai do santuário a imundícia.

Porque nossos pais prevaricaram e fizeram o que era mau perante o SENHOR, nosso Deus, e o deixaram; desviaram o seu rosto do tabernáculo do SENHOR e lhe voltaram as costas. Também fecharam as portas do pórtico, apagaram as lâmpadas, não queimaram incenso, nem ofereceram holocaustos nos santuários ao Deus de Israel. Pelo que veio grande ira do SENHOR sobre Judá e Jerusalém, e os entregou ao terror, ao espanto e aos assobios, como vós o estais vendo com os próprios olhos.

Porque eis que nossos pais caíram à espada, e, por isso, nossos filhos, nossas filhas e nossas mulheres estiveram em cativeiro. Agora, estou resolvido a fazer aliança com o SENHOR, Deus de Israel, para que se desvie de nós o ardor da sua ira. Filhos meus, não sejais negligentes, pois o SENHOR vos escolheu para estardes diante dele para o servirdes, para serdes seus ministros e queimardes incenso.”

No tempo de Ezequias, o inimigo usou homens para fechar as portas, mas Deus usou um homem para voltar a abri-las.

Nós, muitas vezes, oramos, jejuamos, mas não temos uma relação verdadeira com o Senhor. Este relacionamento superficial é sinal de que as portas estão fechadas para ação do Espírito Santo.

O inimigo sabe que a melhor maneira de interromper os planos que Deus tem para as nossas vidas é fechando as portas.

O que faz com que as portas continuem fechadas?

1- Quando não somos cheios do Espírito Santo

Mateus 25.1 a 13: “Então, o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram a encontrar-se com o noivo. Cinco dentre elas eram néscias, e cinco, prudentes. As néscias, ao tomarem as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo; no entanto, as prudentes, além das lâmpadas, levaram azeite nas vasilhas.

E, tardando o noivo, foram todas tomadas de sono e adormeceram. Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo! Saí ao seu encontro! Então, se levantaram todas aquelas virgens e prepararam as suas lâmpadas. E as néscias disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão-se apagando.

Mas as prudentes responderam: Não, para que não nos falte a nós e a vós outras! Ide, antes, aos que o vendem e comprai-o. E, saindo elas para comprar, chegou o noivo, e as que estavam apercebidas entraram com ele para as bodas; e fechou-se a porta. Mais tarde, chegaram as virgens néscias, clamando: Senhor, senhor, abre-nos a porta! Mas ele respondeu: Em verdade vos digo que não vos conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora.”

Estamos diminuindo nosso tempo de relação com o Espírito Santo, nosso tempo de pregar o Evangelho.

Jesus está voltando e as vasilhas estão vazias, como na parábola das 10 virgens. As cinco virgens negligentes não tinham as vidas cheias do Espírito Santo. Elas foram pegas de surpresa e as portas se fecharam para elas.

2- Quando nosso coração se inflama pela arrogância e pela soberba, como Sebna

Isaías 22.16 a 22: “Que é que tens aqui? Ou a quem tens tu aqui, para que abrisses aqui uma sepultura, lavrando em lugar alto a tua sepultura, cinzelando na rocha a tua própria morada?  Eis que como homem forte o SENHOR te arrojará violentamente; agarrar-te-á com firmeza, enrolar-te-á num invólucro e te fará rolar como uma bola para terra espaçosa; ali morrerás, e ali acabarão os carros da tua glória, ó tu, vergonha da casa do teu senhor.

Eu te lançarei fora do teu posto, e serás derribado da tua posição. Naquele dia, chamarei a meu servo Eliaquim, filho de Hilquias, vesti-lo-ei da tua túnica, cingi-lo-ei com a tua faixa e lhe entregarei nas mãos o teu poder, e ele será como pai para os moradores de Jerusalém e para a casa de Judá. Porei sobre o seu ombro a chave da casa de Davi; ele abrirá, e ninguém fechará, fechará, e ninguém abrirá.”

Sebna tinha as portas abertas e as chaves da cidade, mas a soberba, o ataque de Satanás no coração o roubou e as portas se fecharam. Sebna recebeu as chaves de Davi!

 O que você recebeu é grande! Não pegue aquilo que Deus te deu e jogue fora! Deus te deu um chamado, não troque seu chamado por picuinhas.  As coisas visíveis passam! Temos que ter um coração simples, todos os que se humilham serão exaltados.

Você tem poder e autoridade em nome de Jesus! Quando você exerce seu chamado com integridade, as portas se abrem.

3- Quando cometemos inequidades e estamos distantes da presença do Senhor

Apocalipse 22.14 e 15: “Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras [no sangue do Cordeiro], para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas. Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira.”

Ezequias abriu as portas do templo numa direção profética e espiritual porque abrir as portas significa o reinado do Messias

Apocalipse 5.7: “Veio, pois, e tomou o livro da mão direita daquele que estava sentado no trono...”

Nos fomos chamados para a verdade! Cuidado com os enganos de Satanás. Nós somos servos de Deus, mas, muitas vezes, estamos amarrados a coisas que nos fecham as portas.

As portas estão abertas para quem vive em santidade. E as portas que Ele abre ninguém fecha. Ezequias estava abrindo as portas e celebrando a Páscoa. Nós fomos chamados para ter as portas abertas!

E o que são essas portas abertas?

1- Um grande e poderoso avivamento

Apocalipse 3.8: “Conheço as tuas obras – eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta, a qual ninguém pode fechar – que tens pouca força, entretanto, guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome.”

Jesus está batendo a porta! Ressurreição é dar vida ao que está morto e avivamento é dar vida ao que está adormecido.

Você tem grandes capacitações do Espírito Santo que estão adormecidas na sua vida! Este é o avivamento que Jesus quer trazer para sua Igreja. Jesus disse: estou à porta e bato porque se abrimos nosso coração teremos a presença curadora de Cristo.

Você não vai mais ficar esperando o milagre, mas vai profetizar o cumprimento deste milagre. Nossa religiosidade nos faz esperar um milagre, mas não nos ensina a nos abrir para o Senhor. Este é o tempo de nos abrirmos sem reservas para conhecer os mistérios de Deus.

2- Portas que o diabo fecha mas que estão abertas por Cristo

Ezequiel 44.1 a 3: “Então, o homem me fez voltar para o caminho da porta exterior do santuário, que olha para o oriente, a qual estava fechada. Disse-me o SENHOR: Esta porta permanecerá fechada, não se abrirá; ninguém entrará por ela, porque o SENHOR, Deus de Israel, entrou por ela; por isso, permanecerá fechada. Quanto ao príncipe, ele se assentará ali por ser príncipe, para comer o pão diante do SENHOR; pelo vestíbulo da porta entrará e por aí mesmo sairá.”

Mateus 2.8 a 10: “E, enviando-os a Belém, disse-lhes: Ide informar-vos cuidadosamente a respeito do menino; e, quando o tiverdes encontrado, avisai-me, para eu também ir adorá-lo. Depois de ouvirem o rei, partiram; e eis que a estrela que viram no Oriente os precedia, até que, chegando, parou sobre onde estava o menino. E, vendo eles a estrela, alegraram-se com grande e intenso júbilo.”

A porta dourada ou oriental estava reservada para o Messias, o Senhor Jesus entrou por essas portas que davam direto ao templo. O mundo está com as portas fechadas aguardando um Messias, mas a Igreja tem as portas abertas pelo Messias.

Muitas pessoas não sabem por que vivem com dificuldades em suas vidas espirituais e, consequentemente, em todas as áreas. O diabo as leva a desconsiderar que somos os que temem a Cristo e que nossas atitudes e comportamentos devem ser idênticos aos que têm conhecimento do mundo espiritual.

 Temos que estar abertos para as maravilhas do mundo espiritual e tomar posse da autoridade de Cristo que está liberada para a Igreja

Romanos 11.33: “Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos!”

Este é o tempo das portas abertas e todas as obras do inferno estão debaixo dos nossos pés!

Salmos 118.20: “Esta é a porta do SENHOR; por ela entrarão os justos.”

3- Jesus é a porta espiritual que está aberta para nossas vidas

João 10.9: “Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem.”

A Igreja tem a chave que abre portas. Chega de viver manipulado, de viver uma subvida espiritual, de carregar cruz nas costas! É tempo de Deus e de avivamento! Ezequias abriu as portas do templo triunfalmente em Jerusalém e inaugurou um novo tempo. Jesus abriu todas as portas para que tenhamos acesso às bênçãos espirituais.


Vamos tomar posse e entrar por meio de Cristo nas portas e portais espirituais! Porque Deus está abrindo grandes portas diante de nós!