quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Homens de Aliança: 10 conselhos fundamentais transformar o ambiente familiar



Nós fomos criados para fazer a diferença! Como homens de Deus, precisamos amar, suprir zelar e proteger nossas famílias!

Por isso, eu separei 10 conselhos que são fundamentais para que o ambiente da sua casa mude para melhor:

1º) Troque o seu vocabulário dentro de casa. Seja respeitoso e atencioso;

2º) Faça uma troca de Salmos diária;

3º) Faça uma lista de cinco pontos que você precisa de transformações e coloque em um lugar visível. Desafie-se e lute para vencer cada uma delas;

4º) Junte dinheiro para dar um presente especial para sua esposa e faça uma surpresa para ela;

5º) Ore com sua família, no mínimo, uma vez por dia;

6º) Pergunte para sua esposa as características que você precisa mudar que ela nunca te falou;

7º) Busque recursos para abençoar mais sua família, supere seus limites profissionais;

8º) Tome inciativas espirituais, você é o sacerdote da sua casa;

9º) Faça um curso ministerial, desenvolva o dom que há em ti;

10º) Passe mais tempo com sua família! Seja mais participativo.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Tudo é possível ao que crê



Marcos 2.1 a 12: “Dias depois, entrou Jesus de novo em Cafarnaum, e logo correu que ele estava em casa. Muitos afluíram para ali, tantos que nem mesmo junto à porta eles achavam lugar; e anunciava-lhes a palavra. Alguns foram ter com ele, conduzindo um paralítico, levado por quatro homens. E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o eirado no ponto correspondente ao em que ele estava e, fazendo uma abertura, baixaram o leito em que jazia o doente.

Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Filho, os teus pecados estão perdoados. Mas alguns dos escribas estavam assentados ali e arrazoavam em seu coração:  Por que fala ele deste modo? Isto é blasfêmia! Quem pode perdoar pecados, senão um, que é Deus?  E Jesus, percebendo logo por seu espírito que eles assim arrazoavam, disse-lhes: Por que arrazoais sobre estas coisas em vosso coração? Qual é mais fácil? Dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus pecados, ou dizer: Levanta-te, toma o teu leito e anda?

Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados – disse ao paralítico:  Eu te mando: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.  Então, ele se levantou e, no mesmo instante, tomando o leito, retirou-se à vista de todos, a ponto de se admirarem todos e darem glória a Deus, dizendo: Jamais vimos coisa assim!”

Jesus tinha sua base espiritual em Cafarnaum, onde Ele sempre reunia multidões.

Ali, também havia um paralítico que ficou conhecido pela grandiosidade se sua fé. No coração dele, havia um único objetivo: ficar frente a frente com Jesus!

Quando temos está disposição e este desejo, movemos o mundo espiritual.

Em primeiro lugar, precisamos encontrar um caminho através da fé.

Aquele paralítico estava cansado das dores, das humilhações e da cama que o prendia. Aquela fé e aquele inconformismo fizeram com que ele descobrisse um caminho para se aproximar de Jesus!

Se você permanecer acomodado e achando culpados para os seus problemas, você vai se afundar ainda mais! É como se fosse uma areia movediça! Mas, se você se abrir para ser movido pela fé, encontrará um caminho!

Qual caminho aquele paralítico encontrou? Não dava para passar pela multidão. Qual alternativa ele tinha? Entrar pelo telhado!

Em segundo, precisamos estar associados com quem pode nos levar ao milagre.

O paralítico chamou quatro grandes amigos e explicou seu plano.

O primeiro amigo representa aqueles que estimulam nossa fé;

O segundo amigo representa a determinação;

O terceiro amigo representa a disposição;

O quarto amigo representa a superação.

O plano foi colocado em prática!

Jesus estava ministrado e, de repente, desce uma cama do teto.  Ao olhar o paralítico, Ele afirma: “Seus pecados estão perdoados!”.

Ao ser questionado pelos religiosos sobre esta atitude, Jesus responde: “O que é mais fácil: dizer ‘Estão perdoados os seus pecados!’ ou ‘Levanta e anda!’?

Precisamos entender que a obra que o Senhor tem para nossas vidas é completa!

Quando aquele homem começou a andar, todos ficaram surpresos: “Jamais vi coisa igual!”.

Jesus Cristo é o Senhor do milagre!

Tenha fé, seja perseverante! O Senhor é contigo, e você caminhará em liberdade!

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Josué, um homem de atitude!



Josué 1.6 a 9: “Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares. 

Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido. Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.”. 

Existem muitas intranquilidades que tomam conta dos nossos corações. A questão é: Como vencê-las? 

Como transformar convicções e discursos em atitudes? Esse é um dos maiores desafios entre os cristãos. 

Através da vida de Josué e das experiências que ele teve com o Senhor, podemos identificar a solução para essas questões. Hoje, eu gostaria de citar algumas: 

Em primeiro lugar, entender que o Senhor também se relaciona conosco através da promessa, e que Ele não falha! 

Todos nós temos uma promessa. Mas precisamos entender que a concretização dela depende, e muito, de nossas atitudes. Depende da nossa fé e da nossa postura diante das dificuldades.

Isaías 55. 10 e 11: “Como a chuva e a neve descem dos céus e não retornam para eles sem regarem a terra e fazerem-na brotar e florescer, a fim de que ela produza sementes para o semeador e pão para os que dele se alimentam, assim também acontece com a Palavra que sai da minha boca: Ela não voltará para mim vazia, mas realizará toda a obra que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei.”. 

Nós, muitas vezes, literalmente, empacamos no meio do caminho da nossa promessa. Por quê? Porque deixamos a dúvida tomar conta de nossas vidas e, consequentemente, bloqueamos qualquer possibilidade de que ela será realizada.   

Deus disse para Josué: “Seja forte e corajoso porque é você quem vai levar o povo a herdar a terra que eu prometi que entregaria para eles.”. 

Então, não fique esperando que Deus ou que outras pessoas façam sua parte. Não tropece mais nos seus impossíveis, não perca mais tempo. Se você não se limitasse tanto, já estaria em outro patamar espiritual.    

Ser forte e ser corajoso são os ingredientes fundamentais pra que a promessa se cumpra. 

Em segundo lugar, não desanimar, porque o Senhor está te capacitando para que você supere todas as suas limitações e não seja roubado no meio da caminhada. 

Gálatas 6.7 e 9: “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá. Não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos.”. 

Pare e pense! Quantos projetos inacabados você pode contabilizar na sua vida?

Quantas situações e oportunidades passaram e você pensou: Poxa, eu poderia ter feito, mas não fiz? 

Sabe, querido, aquela oportunidade que você perdeu não volta mais. Poderão vir outras, mas aquela não! Com certeza, outra pessoa se levantou para realizá-la. Então, esteja preparado para as que virão e não desanime! 

Se está demorando muito, persevere! Se, aos olhos humanos, não há mais perspectivas, persevere! Renove-se na esperança! 

Salmos 119.116: “Ampara-me, segundo a tua promessa, para que eu viva; não permitas que a minha esperança me envergonhe.”. 

Em terceiro lugar, mova-se! Caminhe em direção à conquista. 

Muitas vezes, deixamos a passividade nos dominar. Essa passividade pode ser fruto de uma formação errada ou, até mesmo, da religiosidade, porque cruzamos os braços e queremos que tudo aconteça em um piscar de olhos. Muitas pessoas, erroneamente, acham que elas podem ficar só orando, e que Deus fará todo o resto. 

O Senhor disse para Josué: “Mova-se! Faça as coisas acontecerem, porque Eu sou contigo. Eu estou te enviando. Então, seja forte e corajoso!”. 

O Senhor também disse ainda: “...para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares.”.  Se Josué ficasse parado, nada iria acontecer. Ele tinha que seguir em frente! Manter o foco e caminhar! 

Então, mova-se, não seja mais roubado em suas motivações, porque o Senhor é contigo, e a vitória já esta ordenada! 

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Mesmo diferentes, em Cristo, somos um!


Na manhã desta quarta-feira (21) centenas de pessoas se reuniram na Renascer Arena, para o primeiro Café da Confederação das Igrejas Evangélicas Apostólicas do Brasil (CIEAB) pró-Marcha para Jesus de 2018.




Participaram do encontro líderes, pastores, bispos, apóstolos e representantes de diversos ministérios.

Depois do louvor de Marcelo Aguiar, Renascer Praise e Ton Carfi, Apóstolo Estevam trouxe uma palavra restauradora e edificante com base na passagem bíblica de Atos 2.1 a 7.

“Jesus havia dado uma ordem aos seus discípulos. Eles deveriam permanecer unânimes e com o mesmo sentimento e entendimento, para que sobre eles viesse o poder do Espírito Santo”, introduziu.

“Nós precisamos voltar a ser a Igreja do cenáculo, precisamos voltar à essência! Precisamos andar em obediência. Precisamos permanecer em Jerusalém, independente das circunstâncias. Precisamos permanecer no local que Jesus determinou. Mesmo sendo diferentes, em Cristo, somos um! Somos diferentes membros que formam o corpo de Cristo. Precisamos andar em comunhão, precisamos ser igreja! Precisamos andar em unidade, integridade e unanimidade, porque tudo o que fazemos é por Ele e para Ele”, acrescentou.

Na sequência, ele explicou que:

1- No cenáculo, o traidor é denunciado (Mateus 26.20 a 25)

“A vitória da Igreja de Cristo está na unidade”, reforçou.


2- O cenáculo é o ponto de partida para uma grande jornada (Atos 3.6 e Filipenses 1.6)

“Jesus havia deixado todo poder que se manifestaria no cenáculo para que eles pudessem viver sem a presença física de Jesus Cristo. Era o ponto de partida para algo novo! É no cenáculo que as línguas de fogo se manifestam! É o início do nosso chamado, é onde acontece o nosso envio!”, afirmou.

“O nosso destino é a eternidade! Não podemos deixar nenhum minuto de nossas vidas ser roubado, porque nada pode afastar do amor de Deus. Em Cristo, somos mais que vencedores”, declarou.

3- O cenáculo é o local onde recebemos o sopro de Cristo (João 20.22)

“Só quem é cheio do Espírito Santo pode viver os propósitos e os planos de Deus! Renove Sua aliança com Ele! Receba o sopro de vida, receba o sopro do envio, receba o sopro deste renovo! É tempo de lutarmos pela Igreja e pelos ideais de Cristo!”, finalizou.


O evento

A 26ª edição da Marcha para Jesus deve reunir milhões de pessoas nas ruas de São Paulo no próximo dia 31 de maio. Considerado o maior evento cristão e popular do mundo, neste ano terá como tema “Entrará o Rei da Glória”  – uma referência à passagem bíblica de Salmos 24.7 e 8, que diz: "Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da Glória. Quem é o Rei da Glória? O Senhor, forte e poderoso, o Senhor, poderoso nas batalhas”– a manifestação está marcada para o próximo dia 31 de maio, feriado de Corpus Christi.

Presidida pelo apóstolo Estevam Hernandes, a Marcha para Jesus é um evento pacífico que reúne igrejas cristãs do país e do mundo e é aberto à participação de toda a população. “Há 26 anos, a Marcha representa a união, a comunhão de todos aqueles que acreditam em Jesus Cristo como filho de Deus e nosso desejo de expressar essa fé”, afirma ele.

  
“O sentimento verdadeiro de honrar Jesus Cristo é o que agrega tantas pessoas. Mesmo depois de tantos anos, o evento continua impactando, o que mostra o crescimento do evangelho. Nosso desejo é levar uma mensagem de paz ao país”, destacou.

A marcha sairá do Metrô Luz às 10h e seguirá em direção à Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, próximo ao Campo de Marte, na zona norte de São Paulo. Trios elétricos animarão o percurso de 3,5 km.

No local de chegada, será montada uma megaestrutura onde acontecerá um show com diversas bandas, cantores e cantoras do segmento gospel.


O dia começa com as crianças, às 9h30, que saem na Marcha Kids juntamente com seus pais, embaladas por trios que tocam músicas infantis. Na sequência, às 10h, começa oficialmente a Marcha, comandada pelo trio do apóstolo Estevam e Bispa Sonia. Antes da saída, o apóstolo direciona o público em oração, quando todos se ajoelham na avenida, consagrando o dia e o evento.

Agenda:
Marcha para Jesus 2018
Data: 31 de maio
Local: saída Metrô Luz
Concentração: Praça Heróis da FEB
Início: 10h
Previsão de término: 21h30
Mais informações no site: www.marchaparajesus.com.br


Redação iGospel

Não entregue os pontos!


2 Coríntios 4.16 a 18: “Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.”. 

O que o apóstolo Paulo descreve nesta passagem bíblica não é fruto de uma teoria, mas de experiências pessoais, verdadeiras e profundas. Ele enfrentou situações de abandono, solidão, perseguição e de enfermidades. Mas, mesmo assim, manteve sua fé inabalável.  

Nesta passagem, especificamente, ele nos mostra: 

Em primeiro lugar: O motivo de ele nunca ter desanimado 

Paulo não era um super-homem. Ele era uma pessoa comum. Mas ele sabia que, mesmo sofrendo na carne, o seu homem interior se renovava todos os dias, no Senhor. Ele tinha a chama da esperança viva em seu interior.  

A exemplo dele, não desanime. Não entregue os pontos! Não fique limitado às previsões humanas, porque a última palavra é sempre do Senhor, nosso Deus.  

O Senhor disse para Josué, no capítulo 1 algo que devemos transferir para a nós: “Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo por onde quer que andares!”. 

Sabe, uma das coisas que eu sempre paro para pensar é que Deus, em Juízes 6,não chamou Gideão pelas deformações que ele tinha, mas o chamou de acordo com a constituição que Ele havia dado a ele. Gideão estava acabado, destruído e com muito medo. Mas o Senhor disse:  “Homem valente, Eu sou contigo!”. 

Independente do que você esteja passando, no Senhor, você é valente, e Ele é contigo! 

Sabe por que eu nunca desanimo? Porque eu estou firmado em um Deus poderoso. Eu sei que Ele pode todas as coisas. Dentro de mim, há o poder da vida, da vida abundante. Eu estou firmado na Palavra do Senhor.  

Em segundo lugar, que nós precisamos entender e confiar no ciclo de Deus 

Paulo fala que a nossa leve e momentânea tribulação produz um grande peso de glória! 

Como tonar as nossas tribulações leves? Lançando nossa ansiedade sobre Jesus.  

1 Pedro 5.7: “Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós.”. 

Se você acumular o peso destas situações que têm te afligido, você não vai suportar, mas, se você lançá-lo sobre Jesus Cristo e tomar o jugo d’Ele, que é suave, e o fardo d’Ele, que é leve, então, você, com certeza, sairá destas lutas vitorioso!  Outro detalhe importante é que a tribulação é momentânea! Ela está acontecendo agora, mas não acontecerá para sempre! Tem dia e hora para acabar!  

Em terceiro lugar, que nós devemos olhar para o lugar certo! 

Você está olhando para quem e para onde? Para seu vizinho que te humilha? Para as pessoas que te traíram? Para aquele chefe que foi injusto com você? Então, você está olhando para o que é temporário! Toda a criação de Deus é temporária! Mas as coisas que não se veem, estas são eternas.  

Começa a focar no que é eterno, como, por exemplo, sua salvação! Você é eleito, ungido e tem, pela frente, a eternidade com Cristo.  

Você não é uma alma vivente, que veio, vai morrer e vai reencarnar para sofrer de novo!  

Hebreus 9.27: “E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo...”.

Comece a focar na sua vida espiritual, comece a olhar para os valores da Palavra!  

Não desista da sua família, não desista do seu casamento, não desista do seu ministério e não desista dos seus sonhos! Ande de cabeça erguida, porque o Senhor já te deu condições para avançar. Ele abrirá caminhos. 

Conselho do Apóstolo: O casamento pode sobreviver à traição?


Todos os dias, Apóstolo Estevam Hernandes leva uma palavra esclarecedora aos ouvintes e telespectadores durante o programa “Renascer em Revista”, seu programa matinal na Rede Gospel de TV e de Rádio.

Confira, a seguir, os conselhos que ele deixou para o José Carlos:

Dúvida: Apóstolo, fui casado durante dez anos. Foi um relacionamento marcado por altos e baixos. Minha ex-esposa era uma pessoa muito fria! Eu sempre demonstrei mais carinho e afeto do que ela. Em um momento de extrema carência e insanidade, acabei cometendo uma traição. Este ato destruiu completamente minha vida e desencadeou no nosso divórcio. 

Mas, sinceramente, eu gostaria que reatássemos. Eu ainda a amo muito! Eu sinto que ela continua sendo a mulher da minha vida. O senhor acredita que, depois de tudo o que passamos, ainda há um caminho de reconciliação e de restauração? Como o senhor trataria essa situação?

Conselho: José Carlos, eu, com certeza, trataria esta situação debaixo de um acompanhamento pastoral.

Mas, com base neste breve relato, eu vou expor minha sincera opinião. O que eu sinto é você atribui um peso à sua ex-esposa, porque você sempre foi carinhoso e atencioso, mas nunca foi retribuído. Talvez, o ponto de vista que ela tenha sobre este relacionamento seja diferente do seu. Por isso, é importante que vocês conversem e ajustem este entendimento.

Infelizmente, você acabou indo para o caminho da traição. E nada, absolutamente nada justifica uma traição.

Quando minha esposa, Bispa Sonia, e eu aconselhamos casais é muito comum a busca por essa justificação. Mas não existe! Trair é uma escolha.

Eu acredito que existe, sim, um caminho para o seu caso, e ele passa pelo arrependimento e pelo perdão. Este é o preço da restauração e da reconciliação. Nós, em Jesus Cristo, recebemos o ministério da reconciliação.

2 Coríntios 5.18 a 20: “Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação.

De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus.”

Eu creio que realmente há uma restauração para o seu casamento. Se eu não cresce nisso, eu invalidaria o evangelho.

Eu acredito que esta restauração passa pelo reconhecimento do erro, pela necessidade do arrependimento, pelo reposicionamento e pela mudança de postura e de hábitos.

O reconhecimento dos erros é de suma importância, porque, pelo pecado, veio a separação. E o pecado colocou duas pessoas que se amam em posições opostas!

Como reverter esta situação? Com jejum, oração e o perdão. Desta forma, juntos, vocês encontrarão o melhor caminho para recomeçar a relação, mas, é claro, sem a sombra dos erros do passado.

Em todos estes anos, eu aprendi que o Espírito Santo é o melhor conselheiro! É Ele quem nos restaura, nos cura, nos orienta e nos renova! Estar debaixo de uma cobertura espiritual também é muito importante.

Nós temos, na Igreja Renascer em Cristo, o ministério Casais +QV, que tem mudado a história de muitos relacionamentos. Participar deste projeto é um bom começo para que você e sua ex-esposa encontrem um caminho de restauração, e, desta forma, vivam a bênção da família.


Clique aqui e confira o vídeo do conselho do Apóstolo. 

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

O Homem Carnal x O Homem Espiritual


Se Jesus voltasse agora, como Ele encontraria o seu coração? Todo mundo fala que serão arrebatados. Mas a maioria das pessoas que me falou isso, hoje, esta caída na fé. Elas não esperam, verdadeiramente, a volta de Cristo. No Dia do Senhor, Ele vai separar o joio do trigo. Cuidado para você não perder a oportunidade que Deus está te dando de ser trigo. O apóstolo Paulo falou aos colossenses: ‘Aproveitem a oportunidade!’.

O apóstolo Paulo fala que a carne guerreia contra o espírito. Jesus veio à terra para vencer a carne. As obras da carne são fruto do pecado.

1 Coríntios 15.45 a 49: “Pois assim está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente. O último Adão, porém, é espírito vivificante. Mas não é primeiro o espiritual, e sim o natural; depois, o espiritual. O primeiro homem, formado da terra, é terreno; o segundo homem é do céu.

Como foi o primeiro homem, o terreno, tais são também os demais homens terrenos; e, como é o homem celestial, tais também os celestiais. E, assim como trouxemos a imagem do que é terreno, devemos trazer também a imagem do celestial.”

O homem carnal é o primeiro Adão, mas o renascido em Cristo é o espiritual.
  
Paulo fala que quem anda no espírito não tem necessidade de satisfazer as concupiscências da carne.

O primeiro Adão é uma referência àquele que pratica as obras da carne, ou seja, é aquele que é dominado por seus impulsos. Já o segundo Adão, ou seja, o espiritual, é Jesus Cristo!

Em João 3, está escrito: ‘O que é nascido da carne é carne; mas o que nasce do Espírito é espírito!’. Todos nós temos o direito de ter uma vida no espírito.

Quando o meu novo nascimento passa a ser o meu estilo de vida, eu passo a caminhar de forma diferente. No nascimento carnal, nascemos pecando. Mas, em Cristo, temos o nascimento espiritual. Hoje, você vai perder sua identidade com o Adão carnal para crescer debaixo da identidade espiritual, ou seja, praticando o fruto o espírito!

Em 2 Timóteo 3, Paulo tem uma revelação sobre os últimos tempos. Ele cita 19 características que são peculiares à personalidade do ser humano e totalmente destrutivas. Ele afirmou: ‘Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Foge também destes.’. Apesar de este texto ter sido escrito há mais de dois mil anos, este é o perfil do homem do século 21. É contra isso que nós temos que lutar.

Gálatas 2.20: “...logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.”

Nós adquirimos uma personalidade deformada quando nos tornamos permissivos. Deus tem reservado para você uma aliança superior. E ela passa exatamente pela mortificação da sua carne. Hoje, você vai crucificar o teu corpo carnal e tomar uma posição que te transforme, definitivamente, em um homem de Deus. Hoje, inicia uma nova jornada na sua vida!

A obra de limpeza só começa quando eu tenho uma identificação com Jesus Cristo. Hoje, você vai guerrear pela sua libertação e passará a ser identificado como um homem espiritual. Este será o seu estilo de vida.

Tito 1.6 a 9: “... alguém que seja irrepreensível, marido de uma só mulher, que tenha filhos crentes que não são acusados de dissolução, nem são insubordinados. Porque é indispensável que o bispo seja irrepreensível como despenseiro de Deus, não arrogante, não irascível, não dado ao vinho, nem violento, nem cobiçoso de torpe ganância; antes, hospitaleiro, amigo do bem, sóbrio, justo, piedoso, que tenha domínio de si, apegado à palavra fiel, que é segundo a doutrina, de modo que tenha poder tanto para exortar pelo reto ensino como para convencer os que o contradizem.”

O homem espiritual é irrepreensível, marido de uma só mulher, tem filhos crentes que não são acusados de dissolução, nem é insubordinado, é irrepreensível como despenseiro de Deus, não é arrogante, não é irascível, não é dado ao vinho, não é violento, não é cobiçoso de torpe ganância; antes, hospitaleiro, é amigo do bem, sóbrio, justo, piedoso, tem domínio de si, é apegado à palavra fiel, que é segundo a doutrina, de modo que tem poder tanto para exortar pelo reto ensino como para convencer os que o contradizem. Essas são as características que nós temos que buscar. Busque ser um homem segundo o coração de Deus.

Você vai se despir do homem carnal e será revestido do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade. A partir de hoje, você caminhará como um novo homem.

Efésios 4.17 a 24: “Isto, portanto, digo e no Senhor testifico que não mais andeis como também andam os gentios, na vaidade dos seus próprios pensamentos, obscurecidos de entendimento, alheios à vida de Deus por causa da ignorância em que vivem, pela dureza do seu coração, os quais, tendo-se tornado insensíveis, se entregaram à dissolução para, com avidez, cometerem toda sorte de impureza.

Mas não foi assim que aprendestes a Cristo, se é que, de fato, o tendes ouvido e nele fostes instruídos, segundo é a verdade em Jesus, no sentido de que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe segundo as concupiscências do engano, e vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade.”

Para finalizar, eu quero citar duas características essenciais para nos tornarmos homens espirituais:

1º) Ser cheio do Espírito Santo

Efésios 5.18 a 21: “E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.”

2º) Ser um homem de aliança

Gênesis 17.1 a 8: “Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o SENHOR e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito. Farei uma aliança entre mim e ti e te multiplicarei extraordinariamente. Prostrou-se Abrão, rosto em terra, e Deus lhe falou: Quanto a mim, será contigo a minha aliança; serás pai de numerosas nações.

Abrão já não será o teu nome, e sim Abraão; porque por pai de numerosas nações te constituí. Far-te-ei fecundo extraordinariamente, de ti farei nações, e reis procederão de ti. Estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência no decurso das suas gerações, aliança perpétua, para ser o teu Deus e da tua descendência.

Dar-te-ei e à tua descendência a terra das tuas peregrinações, toda a terra de Canaã, em possessão perpétua, e serei o seu Deus.”


sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Calebe, um homem incansável


Josué 15.13 a 19: “A Calebe, filho de Jefoné, porém, deu Josué uma parte no meio dos filhos de Judá, segundo lhe ordenara o SENHOR, a saber, Quiriate-Arba, isto é, Hebrom; este Arba era o pai de Anaque.  Dali expulsou Calebe os três filhos de Anaque: Sesai, Aimã e Talmai, gerados de Anaque. Subiu aos habitantes de Debir, cujo nome, dantes, era Quiriate-Sefer.

Disse Calebe: A quem derrotar Quiriate-Sefer e a tomar, darei minha filha Acsa por mulher.  Tomou-a, pois, Otniel, filho de Quenaz, irmão de Calebe; este lhe deu a filha Acsa por mulher. Esta, quando se foi a Otniel, insistiu com ele para que pedisse um campo ao pai dela; e ela apeou do jumento; então, Calebe lhe perguntou: Que desejas? Respondeu ela: Dá-me um presente; deste-me terra seca, dá-me também fontes de água. Então, lhe deu as fontes superiores e as fontes inferiores.”

Apesar de estar com 85 anos, Calebe não estava desgastado física ou psicologicamente. Pelo contrário, ele ainda tinha disposição de sobra para conquistar, era um verdadeiro homem de aliança. Ele, então, recebe de herança uma parte da terra de Judá, chamada Hebrom.

Ao chegar naquele local, ele se deparou com um grande desafio. Aquela terra era habitada por uma família poderosa. Mas, mesmo assim, Calebe seguiu em frente, porque ele sabia que nunca é tarde para vivermos as promessas de Deus.

Ele manteve o que havia dito a Josué no capítulo 14: “Estou pronto para guerrear, entrar e sair!”.

Quais foram os segredos de Calebe? Vou enumerar alguns:

1º Ele tinha disposição

Você está pronto mesmo para lutar pelos seus sonhos? Você está pronto para pagar o preço pela promessa? Você está pronto para lutar pela sua casa, pela sua família e pelo seu futuro? Você está pronto para vencer as adversidades?

Se você está realmente pronto, então, tenha a certeza de que Deus vai te dar graça porque, aos olhos humanos, Calebe não tinha condições de vencer os gigantes Sesai, Aimã e Talmai. Mas ele tinha disposição e muita fé! Ele não olhou para o tamanho daquela luta, mas para o poder de um Deus ilimitado.

2º Ele não se deixou intimidar

Não se acovarde diante dos desafios! Quando Deus nos dá uma promessa, não significa que ela já virá pronta. Não significa que você deve ficar deitado em uma rede esperando que tudo aconteça.

Mateus 11.12: “O reino de Deus é tomado por força, e aqueles que assim praticam se apoderam dele.”

Para conquistar aquela terra, Calebe não tinha escolha! Ele tinha que enfrentar aqueles gigantes. Ele tinha que enfrentar os poderosos da terra. Qual era o desafio? Não criar expectativas negativas.

As pessoas são derrotadas neste período de conquista porque, em vez de enxergarem as promessas, enxergam as impossibilidades. Elas têm uma disposição interior totalmente contrária.

Lucas 1.37: “Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.”

Chegou a hora você vencer, de uma vez por todas, as mentiras do inferno. Não deixe que nada te coloque em uma posição inferior.

Jó 42.2: “Bem sei que tudo podes, e nenhum de teus planos podem ser frustrados.”

3º Ele se uniu com aqueles que tinham o mesmo objetivo que ele

Aquele monte não seria apenas de Calebe, mas de toda a sua família. Então, ele envolveu todos na luta. Ele disse: “Eu quero um genro que tenha o meu sentimento. Eu quero um genro que seja um lutador e batalhador!”.

O que aconteceu? Otniel se levantou e assumiu aquele desafio. Ele se casou com Acsa e ajudou Calebe a conquistar aquela terra. Naquele local, eles viveram vitórias e tiveram seus sonhos realizados.

Homem valente, mulher valente, prepare-se para fincar a bandeira com o nome da sua família na terra da sua promessa. Prepare-se para viver além dos seus sonhos, porque a terra é sua e de toda a sua posteridade.

Romanos 5.3 a 5: “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.”

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Conselho do Apóstolo: Não considero meu marido um bom pai

Todos os dias, Apóstolo Estevam Hernandes leva uma palavra esclarecedora aos ouvintes e telespectadores durante o programa “Renascer", seu programa matinal na Rede Gospel de TV e de Rádio



Confira, a seguir, os conselhos que ele deixou para a Regina: 

Dúvida: Meu esposo e eu estamos casados há três anos, e temos uma filha de um ano. Tenho um bom marido dentro de casa. Mas não o enxergo como um bom pai. Sempre que eu tento tocar no assunto, ele fica nervoso e diz que é coisa da minha cabeça. Apóstolo, como faço para meu marido se tornar o pai que minha filha precisa?

Conselho: Para líder com uma situação como essa, precisamos de muita sabedoria. Em Tiago 1.5, está escrito: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.”.

Obviamente, você está tendo uma percepção diferente em relação à criação da sua filha. Além de expor o seu ponto de vista, é muito importante mostrar exemplos concretos, mas sem cobrá-lo, mostrar que, nesta fase, a participação do pai é importante.

É necessário que você tenha consciência de que existem homens que, por conta da criação que tiveram, não se envolvem em determinadas questões domésticas ou em tarefas que envolvem a criação dos filhos. Talvez, este seja o caso do seu marido. Mas isso não quer dizer que ele não ama sua filha, que ele não quer protegê-la ou que ele não seja um bom pai.

Com muita sabedoria e sem tom de cobrança, você deve começar a estimulá-lo e incentivá-lo. De que maneira? Chamando-o para fazer as atividades junto com você. Assim, as barreiras que existirem serão quebradas – sejam as barreiras da rejeição ou, até mesmo, as barreiras da falta de conhecimento. Uma relação próxima e profunda vai ajudá-lo a expressar o amor que ele tem.

Não deixe que esta dificuldade que ele tem seja um fantasma na relação de vocês. Esta nas tuas mãos fazer com que esta situação se reverta. Com inteligência, sensibilidade, sabedoria, paciência e doação, vocês vão conseguir chegar a um denominador comum e ingressar, juntos, nesta incrível jornada, que é a criação dos filhos. E, desta forma, vocês viverão a bênção da família.

O que nos espera?


1 Tessalonicenses 4.13 a 18 e 5.1 a 3: “Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança.

Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem.

Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem.

Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor. Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras.

Irmãos, relativamente aos tempos e às épocas, não há necessidade de que eu vos escreva; pois vós mesmos estais inteirados com precisão de que o Dia do Senhor vem como ladrão de noite. 

Quando andarem dizendo: Paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vêm as dores de parto à que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão.”        
                                                        
A preocupação que as pessoas têm com a volta de Jesus e com o destino dos seus amados que morreram não é de hoje.

O Apóstolo Paulo, atendendo a uma expectativa ansiosa dos tessalonicenses, que discutiam intensamente sobre o arrebatamento de Cristo, deixou um alerta e uma palavra de sabedoria profunda do Espírito Santo! A sabedoria que nos traz consolo, que nos traz paz e a certeza de que, na volta do Senhor, haverá um grande e poderoso mover de ressurreição. Por isso, nós precisamos:

Em primeiro lugar, crer na verdade de Romanos 8.11: “Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita.”.

Se eu não convivo com a ressurreição, eu não posso experimentar das misericórdias do Senhor que se renovam a cada manhã. Para aqueles que não têm a ressurreição e que não têm esperança, a morte é definitiva, é o fim da linha!

Por isso que, em 1 Coríntios 15.55 a 57, Paulo diz: “Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão? O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo.”.

Então, este poder de vida que está em nós é o poder que nos ressuscitará, se estivermos mortos na volta de Cristo!

Se não estivermos mortos, nós, em primeiro lugar, veremos os mortos ressuscitando e, em um segundo momento, seremos arrebatados! Portanto, devemos ter em nós a vida de Cristo, a qual Ele no concedeu em João 10.10: “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”.

Em segundo lugar, vigiar e orar!

Nós temos que orar e vigiar constantemente! A grande estratégia do inimigo é levar as pessoas a não se ligarem na volta de Cristo! Isso nos torna inconsequentes. Muitos pensam: “Ah! Jesus não voltou até agora, tenho certeza de que só meus bisnetos terão essa experiência!”... “Já passaram tantas décadas e tantos séculos, e nem sinal da volta de Cristo!”.

Eu não sei se Ele vai voltar hoje ou daqui mil anos. Eu sei que vou fazer de tudo para estar pronto!

Precisamos ficar espertos, porque nosso adversário quer nos levar a viver como nos dias de Moisés – quando o povo se embriagava, fazia orgias, idolatrava outros deuses, murmurava contra Deus e se rebelava contra os enviados do Senhor.

O povo praticava malignidades como se nada fosse acontecer! Este é, justamente, o estado espiritual de inconsciência quanto à volta de Jesus! Isso é a letargia que nos leva à morte espiritual! É como se Deus não existisse!

Aquele que não deixou morrer a sua natureza carnal, ou seja, está contaminado pelo mundo e impregnado pela sujeira de Satanás, despreza a volta do Senhor Jesus. Mas Paulo deixa um alerta: “Ele virá como o ladrão à noite!”.

Em Colossenses 3.1 a 6, Paulo também deixa um alerta: “Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra; porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus.

 Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória. Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria; por estas coisas é que vem a ira de Deus [sobre os filhos da desobediência].”.

Jesus virá como a mulher que está prestes a dar à luz, ou seja, é algo incontrolável. Quando a mãe está para dar à luz, a bolsa estoura, e nada pode impedir o nascimento daquele bebê! Assim será a volta de Cristo! Será no abrir e fechar de olhos! Então, precisamos estar preparados! Estar preparado significa estar em santidade, em aliança, plenos de oração e plenos do Espírito Santo! É saber que, quando nós menos esperarmos, o Senhor voltará com poder e grande glória!

Em terceiro lugar, não despreze essa verdade

Paulo fala: “Eu não quero que vocês sejam ignorantes quando a isso! Eu não quero que vocês desprezem essa verdade, mas eu quero que sejam cheios do Espirito Santo. No momento em que as pessoas estiverem falando sobre paz, virá uma repentina destruição.”.
Eu estava meditando nessa palavra, e eu quero dividir algo muito precioso com você! Nós temos muitos exemplos de destruição na Bíblia, mas eu vou repartir um que me chamou a atenção.

No livro de Juízes, a queda da muralha de Jericó foi algo inesperado!  Ela caiu pelo brado, pelo grito e por uma intervenção divina.

A única coisa que não foi destruída foi a casa de Raabe, que estava coberta por um símbolo profético – o sangue do Cordeiro. Isso significa que o sangue do Cordeiro, que é o sangue de Cristo, protege-nos da destruição, desde que nós o coloquemos sobre nossas vidas!

Assim como Paulo disse, nós veremos uma repentina destruição! Satanás sabe disso! Você acha mesmo que ele está de braços cruzados?  Não! Ele tenta nos roubar da presença do Senhor. Ele quer te tirar do seu ministério, te tirar da igreja e te impedir de ter uma vida espiritual para que, quando vier essa repentina destruição, você não esteja com a marca do sangue do Cordeiro. O objetivo dele é te destruir e roubar de você a salvação eterna.

Então, querido, enquanto é dia, conecte-se com a luz! Enquanto houver pregação, alimente-se da Palavra de Deus! Enquanto houver Espírito Santo, seja cheio dele! Enquanto houver esperança, volte para os caminhos do Senhor!

Não seja mais roubado! Se você tem vivido uma vida morna, deixe o Espírito Santo queimar no seu interior! Se você tem vivido uma vida de prostituição, o Senhor quer que você volte para a casa d´Ele! Volte! Não perca mais tempo! Não importa se você se magoou com homens, a sua salvação não vem deles, mas de Jesus! Por Ele, vale a pena passar por cima de qualquer sentimento!

Querido, quanto mais se aproxima a volta de Cristo, mais o mundo fica podre, mais o mundo fica destruído, mais nós vemos noticias barbarizantes, porque o homem vai se degradando. Nós temos visto por ai uma verdadeira sodomia! Estamos vivendo dias difíceis!

Então, prepare-se, porque Ele virá! E, quando Ele vier, que nós sejamos, pelas Suas misericórdias, arrebatados, e, com base na visão de João no Apocalipse, nós sejamos a multidão daqueles que lavaram suas vestiduras no sangue do Cordeiro e que, para sempre, adorarão ao Senhor!


Este é o seu tempo! É o tempo de estarmos atentos, porque, quando Jesus voltar, todo o olho verá e toda a língua confessará que Ele é o Senhor!