quinta-feira, 2 de fevereiro de 2023

Em qual plano você está?



Gálatas 5.16 a 24: “Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne. Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais sob a lei.
 
 Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam. 

Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências.”.

Para não satisfazermos os desejos carnais, precisamos andar no espírito. Existem três posições que podemos ocupar no mundo espiritual. 

O primeiro plano é o carnal: Quando a pessoa exerce as obras da carne, como prostituição, mentira, lascívia, inveja, guerras, facções... São pessoas que se entregam às sujeiras deste mundo e, consequentemente, à morte. 

O segundo plano é o da religiosidade: São aqueles que vivem de aparências. São aqueles cujo deus é o próprio ventre. 

Apocalipse 2.4 a 6: “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas. Tens, contudo, a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio.”.

Judas 1.12 e 13: “Estes homens são como rochas submersas, em vossas festas de fraternidade, banqueteando-se juntos sem qualquer recato, pastores que a si mesmos se apascentam; nuvens sem água impelidas pelos ventos; árvores em plena estação dos frutos, destes desprovidas, duplamente mortas, desarraigadas; ondas bravias do mar, que espumam as suas próprias sujidades; estrelas errantes, para as quais tem sido guardada a negridão das trevas, para sempre.”.

Uma das características de religiosidade é a crueldade. É exatamente o que Jesus Cristo nos mostra na Parábola do Bom Samaritano. São pessoas que ignoram a dor e o sofrimento alheio. São aqueles que têm posicionamentos contrários à Palavra de Deus. 

Quem está neste plano deixa de ter a alegria na salvação. Quem está neste plano tem uma vida dupla e se coloca debaixo de um jugo, que a impede de receber o amor do Senhor. 

O terceiro plano é o apostólico: É o plano da revelação, dos sinais, prodígios e maravilhas. Ocupamos este plano quando carregamos em nosso corpo as marcas do evangelho. 

2 Coríntios 12.12: “Os sinais do meu apostolado foram manifestados entre vós com toda a paciência, por sinais, prodígios e maravilhas.”.

É onde somos guiados pelo Espírito Santo e encontramos descanso nos braços do Pai.

Saia dos planos carnal e religioso e venha para o plano apostólico. Deus tem uma grande obra para realizar na sua vida! Desta forma, você caminhará no espírito. 

Gálatas 5.22 e 23: Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei.”.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2023

Como aproveitar melhor o tempo?



Efésios 5.15 a 18: “Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus. Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual é a vontade do Senhor.

E nos vos embriagueis com o vinho, no qual há contenda, mas enchei-vos do Espírito Santo, falando entre vós com salmos, entoando e louvando ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome do Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.”

Em uma das minhas orações matinais, o Espírito Santo colocou no meu coração esta passagem, que nos fala sobre como remir o tempo.

O que significa remir o tempo? Significa aproveitá-lo, maximizá-lo, torná-lo útil e aproveitável.

Se nós calculássemos todo o tempo que gastamos com coisas inúteis, veríamos quantos anos de vida nós já perdemos.

Quanto tempo você perdeu alimentando essa depressão? Quanto tempo você perdeu odiando? Quanto tempo você perdeu sendo refém desta mágoa? Quanto tempo você perdeu tentando se justificar, em vez de procurar uma solução?

Podemos estocar comida, dinheiro, roupas... mas não existe estoque de vida! Ou nós aproveitamos o tempo ou o desperdiçamos, e, muitas vezes, é um desperdício irreversível.

Hoje, eu quero deixar alguns conselhos para quem quer aproveitar melhor o tempo! Para começar, você vai adotar o termo "remir", como uma prática. Remir o tempo, espiritualmente, significa que:

1º Não devemos nos deixar levar pelos ventos contrários

Não se deixe levar pelos ventos dos falatórios, das intimidações, das inseguranças. Não deixe nada te tirar do foco!

Quando não caminhamos firmados em Cristo, somos levados facilmente por ventos de doutrinas, e isso tem acontecido com muitas pessoas que, ao olharem para trás, ficam desesperadas, porque foram enganadas.

Existem pessoas que foram levadas por modismos e, até hoje, não construíram nada. Construíram suas moradas sobre a areia, achando que haviam construído sobre a rocha.

Estes ventos te levam para longe da vontade do Senhor. Tome cuidado! Esteja firmado, para que o vento do Espírito Santo seja o único a soprar em sua vida.

João 20.22: “E, havendo dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo”.

2º Devamos renovar nossas forças em Deus!

Desta forma, superaremos todas as crises!

Quando, ao olhar as dificuldades, entregamos os pontos, somos consumidos pelo desânimo. Isso custa muito caro. Se, em vez disso, nós nos levantássemos para enfrentar os gigantes, ganharíamos mais tempo!

O tempo que você perdeu reclamando, o tempo que você perdeu brigando com sua esposa, o tempo que você perdeu arquitetando uma vingança, e o tempo que você perdeu se sentindo o homem mais injustiçado do mundo trouxeram o que para sua vida? Nada! Em vez de lamentar, clame ao Senhor!
 
Josué 1.9 “Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas e nem te espantes, porque o Senhor, Teu Deus, é contigo por onde quer que andares.”

Em Deus, nós podemos renovar nossas forças. Em Lamentações 3.22, está escrito que as misericórdias do Senhor se renovam a cada manhã.

Não se integre às más notícias do inferno, porque evangelho são boas novas.

Salmo 112.7: “Não se atemoriza de más notícias; o seu coração é firme, confiante no Senhor”.

Receba forças, em seu interior, para que, a despeito das adversidades, você tenha condições de seguir em frente.

3º Precisamos aproveitar as oportunidades

Aproveite o tempo que Deus te deu. Quando estiver com seus filhos, aproveite ao máximo possível. Quando você estiver trabalhando, dê o seu melhor! Não se distraia com a internet, com telefonemas inúteis e com fofocas. Quando estiver fazendo a obra de Deus, aproveite ao máximo este tempo para mostrar seu amor por Ele.

Todos os dias, Deus nos dá oportunidades de fazermos as melhores escolhas! Nós não temos domínio sobre a nossa própria vida. Existem pessoas que vivem inconsequentemente, achando que são imortais! Todos nós vamos enfrentar a morte física. Se tivermos o nosso espírito fortalecido, teremos vitórias, diariamente. O Senhor Jesus nos diz: "Basta para cada dia o seu próprio mal!".

Salmo 84.5 a 7: “Bem-aventurado o homem que encontra cuja força está em ti, em cujo coração se encontram os caminhos aplanados, o qual passando pelo vale árido, faz dele um manancial; de bênçãos o cobre a primeira chuva. Vão indo de força em força; cada um deles aparece diante de Deus em Sião.”

Nós temos condições de, literalmente, fazer do limão uma limonada! Nós temos a oportunidade de transformar adversidades em bênçãos.

Aproveite a oportunidade que Deus te deu de ser feliz, de ter uma família, de ter saúde e de estar vivo!

Em nome de Jesus, siga estes conselhos! Dê o seu melhor, pregue o evangelho e seja cheio do Espírito Santo. Faça tudo por Ele e para Ele.

Se você saiu da igreja, por qualquer motivo, volte para a Casa do Senhor! Você será recebido em amor! Sabe qual é uma das maiores dignidades que existem no homem? Poder voltar e terminar aquilo que começou.

Se você foi roubado, não se desespere, Deus tem o poder de nos restaurar e nos restituir. Você vai remir o tempo que você tem e vai recuperar o tempo perdido, em nome de Jesus!

terça-feira, 31 de janeiro de 2023

Assumindo novos comportamentos


Mateus 5.33 a 41: “Também ouvistes que foi dito aos antigos: Não jurarás falso, mas cumprirás rigorosamente para com o Senhor os teus juramentos. Eu, porém, vos digo: de modo algum jureis; nem pelo céu, por ser o trono de Deus; nem pela terra, por ser estrado de seus pés; nem por Jerusalém, por ser cidade do grande Rei; nem jures pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco ou preto. 

Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disto passar vem do maligno. Ouvistes que foi dito: Olho por olho, dente por dente. Eu, porém, vos digo: não resistais ao perverso; mas, a qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe também a outra; e, ao que quer demandar contigo e tirar-te a túnica, deixa-lhe também a capa. Se alguém te obrigar a andar uma milha, vai com ele duas.”


Nesta passagem bíblica, Jesus estabelece alguns padrões comportamentais.

Em primeiro lugar, Ele fala: “Não jureis!”.

Naquela época, as pessoas tinham o costume de jurar. Bom, eu acho que até hoje é assim...

O juramento é o reforço de uma palavra. E, atualmente, o que mais tem faltado são pessoas de palavra.

Jesus, então, quebra aquele costume e afirma: “Seja, porém, a tua palavra: sim, sim; não, não. O que disto passar vem do maligno.”.

Então, querido, não jure por nada!  Seja luz do mundo e sal da terra! Seja verdadeiro, honesto e cumpra com suas promessas.

Em segundo lugar, o Senhor Jesus diz: “Seja tolerante!”

Nossa realidade, como seres humanos, seria muito melhor, se fossemos mais tolerantes.

Em 2 Timóteo 3, Paulo disse: “Nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder.”

É exatamente assim que algumas pessoas estão se comportando atualmente. Elas se esquecem de tirar a trave dos seus olhos. Elas se esquecem de que também são falíveis.

A base do cristianismo é o amor! Amor envolve doação, dedicação e andar mais milhas, se for necessário!

Nosso comportamento precisa estar de acordo com o que pregamos.

Não seja alguém que se diz cheio Espírito Santo, mas tem um comportamento totalmente desassociado do cristianismo. É descontrolado, mal humorado e intolerante!

Faça do amor a sua bandeira, e confie na justiça do Senhor.

Seja mais tolerante com seus filhos, com seu marido, com seus colegas de trabalho... Lembre-se de que todos nós somos falhos.

Em terceiro lugar, Ele fala: “Viva o poder da Palavra!”

Isaías 55.10 e 11: “Porque, assim como descem a chuva e a neve dos céus e para lá não tornam, sem que primeiro reguem a terra, e a fecundem, e a façam brotar, para dar semente ao semeador e pão ao que come, assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei.”. 

João 1.1 a 3: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez.”

Que o poder do Verbo esteja sobre sua vida. Assuma novos comportamentos e faça da Palavra de Deus a sua sustentação.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2023

Um Alerta!



Efésios 5.1 a 21: “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave. Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos; nem conversação torpe, nem palavras vãs ou chocarrices, coisas essas inconvenientes; antes, pelo contrário, ações de graças. 

Sabei, pois, isto: nenhum incontinente, ou impuro, ou avarento, que é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque, por essas coisas, vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais participantes com eles. Pois, outrora, éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (porque o fruto da luz consiste em toda bondade, e justiça, e verdade), provando sempre o que é agradável ao Senhor. 

E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as. Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha. Mas todas as coisas, quando reprovadas pela luz, se tornam manifestas; porque tudo que se manifesta é luz. Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus. 

Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.”. 

Nesta passagem, o apóstolo Paulo nos deixa um alerta sobre a importância de conhecermos as obras das trevas. Nós não podemos ignorar os intentos do inimigo.  

O que ocorre é que, infelizmente, muitos acabam perdendo a consciência de que um dos princípios fundamentais do evangelho é a santidade. 

Nós precisamos ser separados, precisamos ser luz do mundo e sal da terra. As pessoas precisam olhar para nós e enxergar a presença do Senhor. Mas o que acontece? Exatamente o oposto. A permissividade e a falta de conhecimento da Palavra de Deus têm levado muitos a procurar o evangelho, visando somente o seu bem estar pessoal.  

Deus tem para nós o bem estar; isso faz parte do plano d’Ele. Mas, para que possamos experimentar e estar debaixo da vontade do Senhor, precisamos ser santos como Ele é santo. Precisamos andar em novidade de vida.  

Infelizmente, é muito comum nos depararmos com pessoas que se dizem servas de Deus, mas acabam tendo atitudes e reações piores do que a dos ímpios. Sem perceber, elas estão andando nas trevas. Para vencê-las, precisamos exercer a autoridade que o Senhor nos deu. De que maneira? Resistindo-as, ou seja, não ser participante das obras do inferno.  

Está na hora de você ser radical. Está na hora de o mundo começar a entrar em nós algo diferente. Está na hora de sair das trevas e ser participante das obras de Cristo. É uma questão de escolha, porque ninguém pode servir dois senhores.  

Paulo deixou também a seguinte mensagem: “Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará!”.  

Está na hora de despertar e assumir a missão que o Senhor tem para você! Está na hora de deixar a podridão do mundo e ser cheio do Espírito Santo.  

Gálatas 5.22: “... o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade.”.

domingo, 29 de janeiro de 2023

Como fazer a diferença no trabalho?


Mateus 6.22 e 23: “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!”


Ao ler este texto tão conhecido entre os cristãos, podemos chegar à conclusão de que, dentro de nós, pode haver um ambiente de luz ou um ambiente de trevas. E que esses ambientes se manifestam por meio de nossas palavras, reações e ações.
  
Jesus Cristo nos mostra que, independente das circunstâncias, nós podemos, sim, fazer a diferença.

Na Bíblia, existem diversos exemplos de homens que se destacaram por carregar essa luz dentro de si. Todos eles possuíam uma capacidade realizadora fora do comum.

Acompanhe, a seguir, alguns deles:

1- Estêvão

Atos 6.9 a 11: “Levantaram-se, porém, alguns dos que eram da sinagoga chamada dos Libertos, dos cireneus, dos alexandrinos e dos da Cilícia e Ásia, e discutiam com Estêvão; e não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito, pelo qual ele falava. Então, subornaram homens que dissessem: Temos ouvido este homem proferir blasfêmias contra Moisés e contra Deus.”

Era um homem sábio que chamava a atenção por seus argumentos fortes, contundentes e indiscutíveis. Dentro dele, como a Palavra nos mostra, havia um espírito que o diferenciava. Aquela luz interior ofuscava os outros mestres, ou seja, ela o colocou em um patamar superior.

Diante de tantos desafios que nós enfrentamos no nosso ambiente de trabalho, precisamos buscar essa sabedoria e esta disposição interior para que não sejamos sucumbidos pelas pressões e metas diárias.

No mundo, hoje, existem mais de sete bilhões de pessoas – todas diferentes. O que isso significa? Que você não nasceu para ser mais um! Deus tem um propósito para a sua existência.

Quantas vezes, diante de uma notícia ruim, nós não afirmamos: “Preciso de uma luz!”. Mas precisamos ter consciência de que essa luz já está dentro de nós!


2- Jesus

Era um homem brilhante, mas, como as Escrituras nos mostram, não chamava atenção por Sua aparência, mas por Suas obras, por Sua sabedoria, por Seus ensinamentos...

O Seu diferencial não estava no seu exterior, mas no seu interior!

Atualmente, nós vemos pessoas investindo mais em sua aparência do que em seu conhecimento, ou em seus relacionamentos e ou em sua saúde emocional.

Não adianta ter uma aparência impecável, se, dentro de nós, só há sentimentos destrutivos.

Quando somos iluminados internamente, o nosso exterior reflete esta luz. Isso é uma lei espiritual: o nosso exterior reflete o nosso interior.

Qual é o objetivo do nosso maior adversário? Apagar a nossa luz e nos tornar pessoas amargas, odiosas, tristes, desmotivadas e improdutivas.

Uma das estratégias que ele adota é a inveja! Quem é tomado pela inveja acusa, desmerece, inibe, intimida e coloca em suas vítimas uma “capa de incompetência”. Quem se deixa abater pelos comportamentos dos invejosos acaba ficando limitado em suas ações.

Suas reações precisam mudar! Levante-se contra a ação que veio para te destruir. Em vez de se acovardar, expanda seu campo de ação! Faça o dobro! Acenda todo o potencial de luz que há dentro de você! Só está em evidência quem tem luz.


E como refletir esta luz interior?

1- Sendo decisivo!

Daniel 5.11: “Há no teu reino um homem que tem o espírito dos deuses santos; nos dias de teu pai, se achou nele luz, e inteligência, e sabedoria como a sabedoria dos deuses...”


Daniel era um homem bem resolvido! Apesar de ter chegado à Babilônia como um escravo, ele não se enxergava assim.

Em vez de se entregar aos costumes daquela terra, tornou-se um grande diferencial. Desenvolveu-se humanamente e espiritualmente e, desta forma, tornou-se um grande estadista! Passou por quatro reinados e, em todos eles, destacou-se por sua luz interior, inteligência e sabedoria.

As nossas origens não determinam o nosso futuro, mas nossas escolhas e o nosso preparo, sim!

Daniel era luz naquele ambiente de trevas. Pela sua capacidade de interpretar sonhos, foi peça-chave para a tomada de grandes decisões.

Em vez de ser só mais um funcionário, busque ser um fator decisivo! Deseje isso, decida ser isso e prepare-se para isso! Saia da caverna da insegurança, da frustração e da intimidação. Esteja disponível e seja participativo!

Encare tudo com maturidade, inclusive as críticas, porque elas fazem parte do nosso desenvolvimento.

2- Antes de entrar na guerra, busque revelações e enxergue-se como um vencedor!

Provérbios 23.7: “Como o homem imagina em sua alma, assim ele é”

Quando passamos por lutas, a tendência é nos isolarmos!

Lembre-se de que o mal só atrai o mal. Já percebeu que quem é depressivo só atrai pessoas negativas?

Jó 3.25: “Porque aquilo que temia me sobreveio; e o que receava me aconteceu.”


Em vez de alimentar seus medos, alimente sua fé. Mude o seu ambiente interior! Enxergue esta batalha como uma oportunidade de avanço, não de retrocesso.

2 Reis 6.12: “Respondeu um dos seus servos: Ninguém, ó rei, meu senhor; mas o profeta Eliseu, que está em Israel, faz saber ao rei de Israel as palavras que falas na tua câmara de dormir.”

Israel estava em guerra contra os assírios. Era um exército extremamente estratégico e equipado. Mas Deus revelava a Eliseu todas as ações que eles estavam prestes a tomar! Desta forma, Israel sempre estava um passo a frente! O rei assírio ficou tão transtornado, que achou que havia um traidor entre eles.

O segredo de Eliseu foi o desenvolvimento de sua luz interior, ou seja, do seu discernimento.

Dizem que, contra fatos, não há argumentos, mas lembre-se de que existem muitos fatos que são manipulados. Por isso, ter discernimento é essencial para que, diante de momentos de extrema pressão, tenhamos as reações que nos levarão à vitória.

Marcos 4.22: “Pois nada há de oculto que não venha a ser revelado, e nada em segredo que não seja trazido à luz do dia.”

3- Em vez de ser uma lâmpada, seja um farol


Busque ser uma pessoa estratégica, uma peça-chave! Deus te criou para você brilhar!

Se você é um péssimo cristão, um péssimo marido, um péssimo pai de família, um péssimo amigo, um péssimo profissional, o que será da sua vida? Nada! Então, em tudo, busque ser o melhor!

Mateus 5.13 a 16: “Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.”

Chegou a hora de você assumir sua posição! Acione todas as suas turbinas de energia! Faça tudo com amor, dedicação, garra e disciplina, para você se tornar brilhante!

Serviço:
Prosperity
Data: às segundas-feiras
Horário: 20 horas
Local: Todas as Igrejas Renascer em Cristo
Endereço da sede internacional: Rua Dr. Almeida Lima, 1.290 – Mooca

quinta-feira, 26 de janeiro de 2023

Três palavras de Jesus para você seguir em frente!


João 14. 1 a 6: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar.

E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também. E vós sabeis o caminho para onde eu vou. Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; como saber o caminho? Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.”

Nesta passagem, nós vemos que os discípulos estavam em um momento de intranquilidade, porque havia rumores de que Jesus seria morto. Havia rumores de que Ele seria preso, e que o sinédrio o entregaria para os romanos.

Era um momento em que todos os seguidores de Cristo estavam sendo ameaçados. Era um momento de desespero, porque eles já estavam imaginando como seriam suas vidas sem Jesus na terra. E, neste mesmo momento, Cristo vem com três palavras poderosas – palavras que também nos motivam a seguir em frente, a despeito das dificuldades, e nos levam a vencer definitivamente a morte.

Em primeiro lugar, Jesus disse: “Não se desesperem!”

“Não se turbe o coração” significa que não devemos andar ansiosos, desesperados, que não devemos deixar as loucuras do momento serem o motivo da nossa morte!

Salmos 46. 10: “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus..”

Jesus mostrou para eles que aquilo que o inimigo estava anunciando não era o definitivo de Deus. Tenha consciência de que o que o inimigo está anunciando para a tua vida não é  o definitivo de Deus. O melhor ainda está por vir!

Em segundo lugar, Jesus disse: “Tenha fé!”

Na hora do desespero, na hora dos falatórios e na hora da assolação mental, a tendência é você se tornar um incrédulo.

Creia porque o Deus que fez é o Deus que faz e é o Deus que fará!

Em vez de andar de acordo com o que você já alcançou, você se deixa tomar por um espírito de incredulidade. Foi o que aconteceu com Gideão.   Ele disse: “Se Tu és Deus e faz tantas as coisas, por que me sobreveio este mal?".

João 11. 40: “Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?”

Creia porque o Senhor Jesus não vai te deixar. Creia porque jamais vai acontecer o que o inimigo tem anunciado. Creia porque o Senhor tem para você uma saída! Crer é fundamental!

Creia que o Senhor vai salvar o seu casamento. Creia que o Senhor vai abrir essa porta. Creia que o Senhor é contigo!

Em terceiro lugar, Jesus disse: “Há um caminho!”

Tomé não entendeu nada e disse: “Se existe um caminho, qual é esse caminho?”. E Jesus respondeu: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.”.

Eu quero falar hoje para você: Há um caminho para essa situação! Há um caminho para a sua enfermidade. Há um caminho para essa situação com o seu filho! Esse caminho é Jesus Cristo.

Descanse porque o melhor de Deus virá! A Palavra d’Ele jamais voltará vazia!


Não desista! O plano que o Senhor tinha para Jesus Cristo não era a morte, mas a ressurreição!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Para refletir!


2 Timóteo 2.1 a 13: “Tu, pois, filho meu, fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus. E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros. Participa dos meus sofrimentos como bom soldado de Cristo Jesus. Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou.

Igualmente, o atleta não é coroado se não lutar segundo as normas. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a participar dos frutos. Pondera o que acabo de dizer, porque o Senhor te dará compreensão em todas as coisas. Lembra-te de Jesus Cristo, ressuscitado de entre os mortos, descendente de Davi, segundo o meu evangelho; pelo qual estou sofrendo até algemas, como malfeitor; contudo, a palavra de Deus não está algemada. 

Por esta razão, tudo suporto por causa dos eleitos, para que também eles obtenham a salvação que está em Cristo Jesus, com eterna glória. Fiel é esta palavra: Se já morremos com ele, também viveremos com ele; se perseveramos, também com ele reinaremos; se o negamos, ele, por sua vez, nos negará; se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo.”

Deste texto, surgiu um dos adesivos mais famosos do Brasil que, há muitos anos, eu mandei confeccionar, com a frase: “Deus é fiel”. 

Nesta Passagem, Paulo fala sobre princípios espirituais profundos. 

Nós fomos chamados para agradar ao Senhor. 

Em Salmos 37.4, está escrito: “Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará o desejo do seu coração.”

Será que sua vida tem agradado ao Senhor? Os seus comportamentos, os seus sentimentos e as suas palavras têm agradado a Deus? Ou será que você está com a vida completamente enrolada? 

Paulo fala que nenhum soldado em serviço deve se envolver em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou. Jesus Cristo nos arregimentou. 

Precisamos tomar cuidado para que o espírito de confusão não nos tire do plano que o Senhor tem para nossas vidas. 

Lamentavelmente, muitas pessoas são roubadas. Perdem tempo murmurando, lamentando-se e com conversas que não edificam. 

A recomendação de Paulo, em primeiro lugar, é: “Libere sua vida! Permita-se ser conduzido para o centro da vontade de Deus!”

Em segundo lugar, ele fala para não agirmos como mortos-vivos e para lembrarmos de Jesus Cristo, porque Ele ressuscitou. 

João 10.10: “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

Será que você tem conseguido passar pelo dia mau com essa certeza? Se você não tem conseguido nem manter o bom humor, acho, sinceramente, muito difícil você conseguir manter a fé.

Lucas 18.8: “Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça. Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra?”

Faça uma aliança com a vida. Seja determinado e convicto! Se você receber alguma tarefa, faça-a da melhor maneira possível. 

Nós não podemos andar como mortos-vivos, porque servimos ao Cristo ressurreto! 

Em terceiro lugar, Paulo aconselha: “Persevere!”

Se perseverarmos, com Cristo, também reinaremos! Persevere em todas as situações, ou seja, no dia bom e no dia mau! 

Seja perseverante em suas convicções. Paulo fala que, se nós negarmos a Cristo, Ele também nos negará! Isso é muito sério. Você pode falar aos quatro ventos que ama Jesus, mas pode estar negando-o com suas atitudes. 

Está na hora de fazer uma autoavaliação, está na hora de você rever seus conceitos e mudar de atitudes. Seja fiel! 

Salmo 101.6: “Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que habitem comigo; o que anda em reto caminho, esse me servirá.”

A sua infidelidade não muda o Senhor, mas pode te colocar em um caminho de morte e destruição. As consequências podem ser desastrosas. 

Caminhe em retidão sabendo que aquele que começou a boa obra em sua vida é fiel e justo para completá-la.  Os homens podem mudar, as circunstâncias podem mudar, mas Deus continua o mesmo!