sexta-feira, 9 de março de 2018

O que Deus espera de um homem de aliança?



1 Coríntios 2.14 a 16: “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Porém o homem espiritual julga todas as coisas, mas ele mesmo não é julgado por ninguém. Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo.”

O homem foi formado por Deus dentro da aliança da trindade: “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança.”.

O Senhor criou o homem com objetivo de honrar o Criador e povoar a terra, formando nela um povo único e santo. Entretanto, o pecado entrou na vida do homem e o fez cair. O desprezo a Cristo e à Sua obra redentora o mantém subjugado e escravizado .

Com a queda, houve uma divisão entre:

1- O homem carnal

Gálatas 5.19 a 21: “Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam.”

João 3.6: “O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito.”

2- O homem espiritual

João 3.3: “A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.”

O homem carnal é nascido no pecado. O homem espiritual é renascido em Cristo. Entender isso significa que aquele homem cheio de malignidades não pode existir mais. 

2 Coríntios 5.17: “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.”

Colossenses 3.1: “Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus.”

Tiago 1.17: “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.”

O novo nascimento precisa acontecer no nível da nossa consciência! Depende de nós fazer com que a nossa natureza terrena morra! Deus não gerou o homem corrompido! O pecado trouxe corrupção ao homem. Quando renascemos em Cristo, reassumimos a posição de homens espirituais.

Se somos homens espirituais, temos que agir como homens espirituais!

João 17.14: “Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os adiou, pois eles não são do mundo, como eu também não sou”

Nós estamos no mundo, mas não somos do mundo! Nossa meta é sermos homens renascidos, ou seja, verdadeiros homens de aliança.

O que nós precisamos?

1- Vencer o domínio mental do homem natural

1 Coríntios 2.16: “Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo.”

Romanos 12.2: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

2 Coríntios 10.4 e 5: “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo.”

Ter a mente de Cristo é o nosso desafio. 

O homem carnal só pensa em mulher, só pensa nos seus próprios interesses, só pensa em dinheiro, só pensa em se dar bem, ou seja, tem todos os valores invertidos. Ser cristão é um modo de vida! Aquilo que é natural para o homem não pode ser natural pra mim!

Tiago 4.17: “Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz nisso está pecando.”

Colossenses 3.10: “e vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou.”

Estamos vivendo um tempo no qual as pessoas desprezam os valores espirituais. Mas você será diferente. Você pode até passar por lutas, mas você não será escravo de nada! O seu destino é a eternidade com Cristo!

O homem espiritual estabelece alianças fundamentais:

1ª Com Deus

2ª Com a família
  
2- Desfrutar da vida que o Senhor nos deu, sem aceitar o roubo de Satanás

João 10.10: “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

O segredo da vida abundante está em Filipenses 4. Precisamos, assim como Paulo, aprender a estar bem em todas as situações. O problema é que as coisas materiais têm muito mais influência do que as questões espirituais.

Nas adversidades, a tendência é mudarmos de comportamento. Precisamos ter consciência de que a coisa mais importante é o nosso nome estar escrito no Livro da Vida! Nossa salvação é o bem mais precioso que temos.

João 16.33: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”

Filipenses 4.4: “Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.”

Todos nós, um dia, vamos dormir na terra e acordar em outro lugar. Onde você vai acordar? Será que você vai acordar no céu, levando uma vida carnal na terra? Será que você vai acordar no céu, levando uma vida desconectada com Deus?

Salmo 144.3 e  4: “SENHOR, que é o homem para que dele tomes conhecimento? E o filho do homem, para que o estimes? O homem é como um sopro; os seus dias, como a sombra que passa.”

Não podemos gastar o tempo de vida que o Senhor nos deu, nos contaminando com a podridão do mundo. Não deixe Satanás roubas seus dias! Um dia que você se entrega ao mau humor é um dia perdido. Um dia brigado com sua esposa é um dia perdido!
                                                                                
Salmos 90.10 a 12: “Os dias da nossa vida sobem a setenta anos ou, em havendo vigor, a oitenta; neste caso, o melhor deles é canseira e enfado, porque tudo passa rapidamente, e nós voamos. Quem conhece o poder da tua ira? E a tua cólera, segundo o temor que te é devido?  Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio.”

Peça para o Senhor te ensinar a contar os dias. Alegre-se com a vida que Ele te deu. Para todos nós, Deus deu uma quantidade de dias. O dia da nossa morte está determinado pelo Senhor! Satanás quer subtrair nossos dias, quer que percamos tempo com questões e sentimentos improdutivos! Descomplique sua maneira de viver! Não lute mais contra a vontade de Deus!

3) Não abrir mão de uma relação sincera e verdadeira com Deus

Gênesis 3.8: “Quando ouviram a voz do SENHOR Deus, que andava no jardim pela viração do dia, esconderam-se da presença do SENHOR Deus, o homem e sua mulher, por entre as árvores do jardim.”

Deus conhece o teu deitar e o teu levantar! Temos que nos apresentar ao Senhor sem máscaras e sem barreiras! Temos que ter uma relação aberta com Ele!

João 15.15: “Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer.”

Temos que nos relacionar com Deus como Daniel fazia! Em vez de ser somente um crente nominal, você será, verdadeiramente, um homem cheio do Espirito Santo!

Você será como a árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto e prosperará em todos os seus caminhos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.