quarta-feira, 20 de junho de 2018

Os primeiros lugares



Lucas 14.7 a 14: “Reparando como os convidados escolhiam os primeiros lugares, propôs-lhes uma parábola: Quando por alguém fores convidado para um casamento, não procures o primeiro lugar; para não suceder que, havendo um convidado mais digno do que tu, vindo aquele que te convidou e também a ele, te diga: Dá o lugar a este. Então, irás, envergonhado, ocupar o último lugar. 

Pelo contrário, quando fores convidado, vai tomar o último lugar; para que, quando vier o que te convidou, te diga: Amigo, senta-te mais para cima. Ser-te-á isto uma honra diante de todos os mais convivas. Pois todo o que se exalta será humilhado; e o que se humilha será exaltado. Disse também ao que o havia convidado: Quando deres um jantar ou uma ceia, não convides os teus amigos, nem teus irmãos, nem teus parentes, nem vizinhos ricos; para não suceder que eles, por sua vez, te convidem e sejas recompensado. 

Antes, ao dares um banquete, convida os pobres, os aleijados, os coxos e os cegos; e serás bem-aventurado, pelo fato de não terem eles com que recompensar-te; a tua recompensa, porém, tu a receberás na ressurreição dos justos.”. 

O Senhor Jesus estava em um casamento, e Ele percebeu que, naquela festa, havia uma disputa pelos primeiros lugares. Ali, então, Ele ministra seus discípulos e os ensina sobre uma prática vinda dos céus, dando uma verdadeira lição de humildade. 

Ele mostrou o quanto arrogância, a necessidade de ostentar e de auto-afirmação pode tornar o ser humano repugnante. 

Através daquela parábola, Ele ensinou que: 

Em primeiro lugar, não devemos buscar, na carne, a nossa posição. 

Muitas vezes, você pensa que o seu jeitinho, as suas amizades, a sua situação financeira vão te beneficiar em relação à posição espiritual que você precisa alcançar. Mas o Reino de Deus não é feito de lobbies! O Reino de Deus não é feito de favorecimentos. O Reino de Deus é feito pela eleição, pela escolha e pela sua disposição de servir o Senhor. 

Infelizmente, muitas pessoas erram porque não sabem exatamente ocupar, espiritualmente, os seus lugares. 

Quando você casa, você precisa, por exemplo, como esposa, ocupar sua posição no relacionamento. Uma mulher sábia edifica sua casa, mas a tola a destrói com suas próprias mãos. 

Quando você é um homem de Deus, você ocupa a posição de sacerdote do seu lar, não carnalmente, achando que a sua vontade é absoluta, mas espiritualmente! 

Ocupe o seu lugar no mundo espiritual. Tudo o que é conquistado na carne é passageiro. 

O Senhor Jesus disse: “Você senta na primeira fila, mas vão te levar para o fundo!”. No mundo, há um jogo de interesses! Sempre vai chegar alguém mais importante do que você. Mas, quando você é constituído espiritualmente, ninguém te tira da posição que o Senhor te colocou, porque os dons e a unção são irrevogáveis. 

Então, busque espiritualmente, o lugar que o Senhor te deu! 

Em segundo lugar, que devemos aprender a sentar no último lugar! 

Tenha consciência de que os últimos serão os primeiros. Tenha consciência de que humilhação não significa para nós o que significa para o mundo. 

Há muitas pessoas que estão na igreja, que meditam na Palavra de Deus, mas, na hora de tomar uma decisão, erram de maneira grotesca. Por quê? Entendem humilhação como punição. Entendem humilhação como um abandono. Mas, na verdade, como próprio Jesus nos ensinou: os humilhados serão exaltados. 

Se você sentou na última fileira, se você está na última cadeira, o dono da festa, que é Cristo e conhece o seu coração, te colocará na frente, e todos os convidados verão que você está sendo honrado pelo Senhor, sem que haja interferência da sua carne ou um jogo de interesses, mas porque você recebeu a graça d’Ele. 

Tiago 4.6: “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.”. 

Então, em vez de ser arrogante, prepotente e egoísta, aguarde! Sente no último lugar, porque, no tempo oportuno, Deus vai te exaltar e vai te levar para os primeiros lugares, porque você terá passado por um processo de preparação. 

Se você está enfrentando uma humilhação, não se desespere. Se, hoje, você está chorando pelo mal que te fizeram, humilhe-se na presença de Deus. Ele vai enxergar suas lágrimas com milagres, porque, para nós, a humilhação possui três aspectos importantes: 

1- A consequente exaltação;

2- A restituição;

3- A bem-aventurança. 

Este tempo de humilhação é passageiro! Os primeiros lugares estão te esperando. 

Em terceiro lugar, que somos eleitos 

Você é eleito de Deus! É aquele que recebeu o convite do dono da festa! O seu reconhecimento virá do Senhor. Então, não se precipite. Deixe que Ele complete o ciclo. No tempo de Deus, todas as coisas vão se encaixar. 

Filipenses 1.6: “Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.