sexta-feira, 2 de março de 2018

O avanço de Ezequias, um homem de aliança!


Hebreus 10.35 e 36: “Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa.”

Um dos principais objetivos do inimigo é nos paralisar e nos afastar do plano que o Senhor tem para as nossas vidas.

Na Bíblia, existem vários exemplos de homens que caíram nesta armadilha: Saul, Sansão, Alexandre o Latoeiro e Judas.

São pessoas que não se abriram para serem trabalhadas em seu espírito e colocaram suas vidas em um ciclo de derrotas e de más escolhas, que as levaram a um fim desastroso.

Por que este não foi o caso de Ezequias?

1º Porque, em vez de se entregar ao sofrimento, ele superou os traumas e não abortou o plano de Deus.

Eclesiastes 9.2: “Tudo sucede igualmente a todos: o mesmo sucede ao justo e ao perverso; ao bom, ao puro e ao impuro; tanto ao que sacrifica como ao que não sacrifica; ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento.”

Muitas retrocedem porque se deixam levar por deduções, tomam atitudes precipitadas diante dos momentos de pressão e, assim, não chegam à vitória que os levaria a avançar.  

2 Coríntios 4.17: “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação...”

2- Não se perdeu no conselho dos ímpios, principalmente nos momentos de incertezas.

Salmos 1.1: “Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.”

Ezequias recebeu a direção de Deus para abrir as portas do templo, resgatar os valores espirituais perdidos e restaurar tudo o que estava destruído.

Com sabedoria, blindou-se das opiniões contrárias e seguiu as orientações que recebera do Senhor.

Salmos 16.7: “Bendigo o SENHOR, que me aconselha; pois até durante a noite o meu coração me ensina.”

3- Não aceitou as evidências de que não daria certo.

Isaías 43.13: “Ainda antes que houvesse dia, eu era; e nenhum há que possa livrar alguém das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?”

Um relacionamento maduro com Deus nos leva a andar pela fé! Ainda que nossos olhos não enxerguem, o mundo espiritual está se movendo.


Ezequias avançou contras as circunstâncias e restabeleceu o reinado de Deus em Israel, trazendo um tempo de paz e grandes conquistas para o Seu povo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.