terça-feira, 7 de julho de 2020

Como romper limites e avançar?



Filipenses 3.12 a 14: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

Nosso maior desafio, principalmente nesta fase, é avançar.

A tendência, diante de momentos de pressão e certeza, termos comportamentos passivos e deixarmos situações e pessoas definirem nossos resultados.

Mas Deus tem para nós um caminho de vitória!

Por isso, precisamos:

1- Lutar contra a estagnação

Josué 18.3: “Disse Josué aos filhos de Israel: Até quando sereis remissos em passardes para possuir a terra que o Senhor, Deus de vossos pais, vos deu?”

Precisamos quebrar as barreiras do medo e do comodismo, sair da zona de conforto e ir para a zona de confronto, ou seja, resgatar o domínio de nossos pensamentos e sentimentos.

2- Ocupar espaços com energia

Mateus 11.12: “Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele.”

Os espaços que vamos ocupar já foram determinados!

3- Ter foco e determinação

Gênesis 19.17: “Havendo-os levado fora, disse um deles: Livra-te, salva a tua vida; não olhes para trás, nem pares em toda a campina; foge para o monte, para que não pereças.”

O “efeito estátua de sal” é muito comum. Por que a mulher de Ló foi convertida em uma estátua do sal? Porque ela não rompeu com o saudosismo e estava condicionada a ter a pior leitura dos fatos!

Se quisermos avançar, não podemos cair no mesmo erro! Em vez de enxergar as dificuldades, foque nas oportunidades!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.