segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Sem limites para o plano de Deus


Isaías 54.1 a 6: “Canta alegremente, ó estéril, que não deste à luz; exulta com alegre canto e exclama, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária do que os filhos da casada, diz o SENHOR. Alarga o espaço da tua tenda; estenda-se o toldo da tua habitação, e não o impeças; alonga as tuas cordas e firma bem as tuas estacas. Porque transbordarás para a direita e para a esquerda; a tua posteridade possuirá as nações e fará que se povoem as cidades assoladas. 

Não temas, porque não serás envergonhada; não te envergonhes, porque não sofrerás humilhação; pois te esquecerás da vergonha da tua mocidade e não mais te lembrarás do opróbrio da tua viuvez. Porque o teu Criador é o teu marido; o SENHOR dos Exércitos é o seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; ele é chamado o Deus de toda a terra. Porque o SENHOR te chamou como a mulher desamparada e de espírito abatido; como a mulher da mocidade, que fora repudiada, diz o teu Deus.”. 

O profeta Isaías estava se referindo a Israel, mas esta mensagem também pode ser direcionada para nós, pois também somos o povo de Deus.  

Ele fala: 

Em primeiro lugar, que toda a esterilidade será quebrada 

O que é esterilidade espiritual? É você ter recebido um dom e não praticá-lo. É você ter movidos para viver intensamente, mas viver pela metade. É buscar desculpas religiosas para justificar o que você não cumpriu. É limitar o que Deus pode fazer em sua vida. 

Quando o Senhor enviou Moisés, ele colocou uma série de empecilhos: “Mas, Senhor, eu não sei nem falar!”. Será que o Deus que te enviou não será o mesmo que te capacitará? 

Não aceite mais ter uma vida infrutífera. Exerça, na plenitude, os dons, as capacitações e o que o Senhor tem entregado para você.  

Em segundo lugar, o Senhor fala: “Alarga as estacas da sua tenda!” 

Hoje, de manhã, eu meditei muito nesta passagem e cheguei à conclusão de que a nossa tendência humana é sempre procurar uma zona de conforto. Isso é péssimo, pois leva à paralisação e à acomodação.  

Você, de repente, não se importa em morar uma casa toda bagunçada, em ter sua família destruída, em não estudar mais, em não ter um desenvolvimento ministerial, em ser alguém limitado...  

Isaías 11.2: “E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor.”. 

Por que sua vida ainda está paralisada? Por que continuar vivendo neste marasmo? Deus te levantou para ser um abençoador, para ser um conquistador, para ser um guerreiro, para ser um diferencial...  

Alargar as estacas da sua tenda é: “Disponha-se a crescer! Tenha o desejo de se desenvolver!”. 

Paulo fala para Timóteo, seu filho espiritual: “Desenvolva o dom que há em ti!”.  

Sabe, queridos, no julgamento do trono branco, o Senhor vai perguntar: “O que você fez com os dons que Eu te dei?”... “O que você fez com o teu dom de pregar?”... “O que você fez com o teu dom de louvar?”... “O que você fez com o teu dom de ensinar?”... Qual será sua resposta?  

Então, querido, o tempo é agora! Comece a pensar grande! Comece a pensar nas possibilidades! Comece a realizá-las, em nome de Jesus!  

Em terceiro lugar, o Senhor fala: “A vergonha que você passou você nunca mais vai passar!”. 

Porque o senhor vai tirar o opróbrio – que significa vergonha contínua. O Senhor será sua justiça!  

Dê vazão ao que Deus pode fazer na sua vida! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.