terça-feira, 25 de julho de 2017

Como ter soberania em tempos de crise?


Romanos 12.1 e 2: “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

Nestas passagens bíblicas, o apóstolo Paulo nos deixa uma receita infalível do exercício de soberania. 

Muitas pessoas sucumbem em tempos de adversidade, porque se sujeitam às crises, aos diagnósticos e às previsões humanas.

Precisamos ter consciência de que a nossa guerra é espiritual, e que a nossa vitória está condicionada ao exercício da autoridade que Jesus Cristo conquistou para nós..

Efésios 1.17 a 23: “Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele, iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos e qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder; o qual exerceu ele em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nos lugares celestiais, acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio, e de todo nome que se possa referir não só no presente século, mas também no vindouro.  E pôs todas as coisas debaixo dos pés e, para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas.”

Vencemos a crise, com soberania:

1- Realizando em vez de dar desculpas!

Mateus 25.24 a 30: “Chegando, por fim, o que recebera um talento, disse: Senhor, sabendo que és homem severo, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste, receoso, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu.

Respondeu-lhe, porém, o senhor: Servo mau e negligente, sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei? Cumpria, portanto, que entregasses o meu dinheiro aos banqueiros, e eu, ao voltar, receberia com juros o que é meu. Tirai-lhe, pois, o talento e dai-o ao que tem dez.

Porque a todo o que tem se lhe dará, e terá em abundância; mas ao que não tem, até o que tem lhe será tirado. E o servo inútil, lançai-o para fora, nas trevas. Ali haverá choro e ranger de dentes."

2- Sendo cabeças, não por aquilo que temos, mas pelo o que somos em Deus!

2 Samuel 7.8: “Agora, pois, assim dirás ao meu servo Davi: Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Tomei-te da malhada, de detrás das ovelhas, para que fosses príncipe sobre o meu povo, sobre Israel.”

3- Invertendo as posições e vencendo o espírito de inferioridade

Juízes 6.14: “Então, se virou o SENHOR para ele e disse: Vai nessa tua força e livra Israel da mão dos midianitas; porventura, não te enviei eu?”

Para finaliza esta mensagem, eu vou deixar cinco conselhos para você ser soberano em todas as áreas:

1- Declare sempre mentalmente que você é o melhor;

2- Não se abata quando estiver em processo de conquista;

3- Nunca subestime a concorrência;

4- Fale sempre olhando nos olhos, não abaixe a cabeça e nem perca a autoridade quando confrontado;

5- Nunca se abale por não saber realizar determinada tarefa. Foque sempre na solução!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.