sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Calebe, um homem incansável


Josué 15.13 a 19: “A Calebe, filho de Jefoné, porém, deu Josué uma parte no meio dos filhos de Judá, segundo lhe ordenara o SENHOR, a saber, Quiriate-Arba, isto é, Hebrom; este Arba era o pai de Anaque.  Dali expulsou Calebe os três filhos de Anaque: Sesai, Aimã e Talmai, gerados de Anaque. Subiu aos habitantes de Debir, cujo nome, dantes, era Quiriate-Sefer.

Disse Calebe: A quem derrotar Quiriate-Sefer e a tomar, darei minha filha Acsa por mulher.  Tomou-a, pois, Otniel, filho de Quenaz, irmão de Calebe; este lhe deu a filha Acsa por mulher. Esta, quando se foi a Otniel, insistiu com ele para que pedisse um campo ao pai dela; e ela apeou do jumento; então, Calebe lhe perguntou: Que desejas? Respondeu ela: Dá-me um presente; deste-me terra seca, dá-me também fontes de água. Então, lhe deu as fontes superiores e as fontes inferiores.”

Apesar de estar com 85 anos, Calebe não estava desgastado física ou psicologicamente. Pelo contrário, ele ainda tinha disposição de sobra para conquistar, era um verdadeiro homem de aliança. Ele, então, recebe de herança uma parte da terra de Judá, chamada Hebrom.

Ao chegar naquele local, ele se deparou com um grande desafio. Aquela terra era habitada por uma família poderosa. Mas, mesmo assim, Calebe seguiu em frente, porque ele sabia que nunca é tarde para vivermos as promessas de Deus.

Ele manteve o que havia dito a Josué no capítulo 14: “Estou pronto para guerrear, entrar e sair!”.

Quais foram os segredos de Calebe? Vou enumerar alguns:

1º Ele tinha disposição

Você está pronto mesmo para lutar pelos seus sonhos? Você está pronto para pagar o preço pela promessa? Você está pronto para lutar pela sua casa, pela sua família e pelo seu futuro? Você está pronto para vencer as adversidades?

Se você está realmente pronto, então, tenha a certeza de que Deus vai te dar graça porque, aos olhos humanos, Calebe não tinha condições de vencer os gigantes Sesai, Aimã e Talmai. Mas ele tinha disposição e muita fé! Ele não olhou para o tamanho daquela luta, mas para o poder de um Deus ilimitado.

2º Ele não se deixou intimidar

Não se acovarde diante dos desafios! Quando Deus nos dá uma promessa, não significa que ela já virá pronta. Não significa que você deve ficar deitado em uma rede esperando que tudo aconteça.

Mateus 11.12: “O reino de Deus é tomado por força, e aqueles que assim praticam se apoderam dele.”

Para conquistar aquela terra, Calebe não tinha escolha! Ele tinha que enfrentar aqueles gigantes. Ele tinha que enfrentar os poderosos da terra. Qual era o desafio? Não criar expectativas negativas.

As pessoas são derrotadas neste período de conquista porque, em vez de enxergarem as promessas, enxergam as impossibilidades. Elas têm uma disposição interior totalmente contrária.

Lucas 1.37: “Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.”

Chegou a hora você vencer, de uma vez por todas, as mentiras do inferno. Não deixe que nada te coloque em uma posição inferior.

Jó 42.2: “Bem sei que tudo podes, e nenhum de teus planos podem ser frustrados.”

3º Ele se uniu com aqueles que tinham o mesmo objetivo que ele

Aquele monte não seria apenas de Calebe, mas de toda a sua família. Então, ele envolveu todos na luta. Ele disse: “Eu quero um genro que tenha o meu sentimento. Eu quero um genro que seja um lutador e batalhador!”.

O que aconteceu? Otniel se levantou e assumiu aquele desafio. Ele se casou com Acsa e ajudou Calebe a conquistar aquela terra. Naquele local, eles viveram vitórias e tiveram seus sonhos realizados.

Homem valente, mulher valente, prepare-se para fincar a bandeira com o nome da sua família na terra da sua promessa. Prepare-se para viver além dos seus sonhos, porque a terra é sua e de toda a sua posteridade.

Romanos 5.3 a 5: “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.