domingo, 4 de novembro de 2018

O poder da aliança



Êxodo 32.1 a 6: “Mas, vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte, acercou-se de Arão e lhe disse: Levanta-te, faze-nos deuses que vão adiante de nós; pois, quanto a este Moisés, o homem que nos tirou do Egito, não sabemos o que lhe terá sucedido. Disse-lhes Arão: Tirai as argolas de ouro das orelhas de vossas mulheres, vossos filhos e vossas filhas e trazei-mas.

Então, todo o povo tirou das orelhas as argolas e as trouxe a Arão. Este, recebendo-as das suas mãos, trabalhou o ouro com buril e fez dele um bezerro fundido. Então, disseram: São estes, ó Israel, os teus deuses, que te tiraram da terra do Egito. Arão, vendo isso, edificou um altar diante dele e, apregoando, disse: Amanhã, será festa ao SENHOR.

No dia seguinte, madrugaram, e ofereceram holocaustos, e trouxeram ofertas pacíficas; e o povo assentou-se para comer e beber e levantou-se para divertir-se.”

Deus é um Deus de aliança, sua fidelidade é absoluta mesmo quando o homem é infiel!

O primeiro a quebrar a aliança foi Satanás, ele quebrou a aliança e levou com ele 1/3 dos anjos.

A Bíblia nos fala de alguns tipos de aliança, que são:

1º) A aliança adâmica, aliança do Éden: o diabo provocou Eva e ela quebrou a aliança. Essa característica de infidelidade Satanás coloca nos homens;

2º) A aliança com Noé;

3º) A aliança com Abraão, a aliança abraâmica;

4º) A aliança com Moisés

5º) A aliança com Davi, a aliança davídica;

6º) A aliança com Cristo, a nova aliança.

As alianças foram firmadas para proteger aos homens. Mas mesmo o homem tendo cometido a loucura de quebrar essas alianças, Deus, por amor e infinitas misericórdias, permanece fiel. Deus não pode negar-se a si mesmo.

Você está debaixo da aliança de Cristo, que é inquebrável e imutável. O que é importante observar:

1- Não viver o mal do nosso tempo

2 Timóteo 3.1 a 7: “Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Foge também destes.

Pois entre estes se encontram os que penetram sorrateiramente nas casas e conseguem cativar mulherinhas sobrecarregadas de pecados, conduzidas de várias paixões, que aprendem sempre e jamais podem chegar ao conhecimento da verdade.”

Infelizmente observamos isso dentro da própria igreja, uma característica que significa infidelidade. Os homens corrompem seus valores sendo infiéis. Não há vida espiritual se não forem fiéis. Seja fiel a Deus, à sua família, igreja, família.

2- Não se tornar participante da quebra de aliança

Números 16.31 e 32: “... aconteceu que, acabando ele de falar todas estas palavras, a terra debaixo deles se fendeu, abriu a sua boca e os tragou com as suas casas, como também todos os homens que pertenciam a Corá e todos os seus bens.”

Moisés estava guiando o povo e Deus falava face a face com ele. Os filhos de Levi, que eram sacerdotes, tinham uma aliança com Moisés, mas eles tinham quebrado a aliança no bezerro de ouro. Aqueles sacerdotes e levitas e se levantaram contra Moisés e Arão e duvidaram do plano de Deus, apesar de terem visto maravilhas no Egito e na caminhada de fuga pelo deserto.

Deus se irou com a infidelidade do povo, mas Moisés clamou por eles. Mas a terra engoliu todos os que quebraram a aliança. Não fique do lado de pessoas que quebram a aliança. O diabo trabalha tão fortemente para quebrar alianças que pessoas brincam e se esquecem de tudo que lhes foi feito e acham que Deus muda como o humor do ser humano.

Não rompa alianças por motivos humanos. Não se associe com quem rompe alianças porque o prejuízo é grande. As pessoas têm inveja daquilo que você é na presença de Deus, esteja na palavra de Romanos 8, nada pode nos separar do amor de Cristo. Jesus foi fiel até a morte.

Ano de Ezequias é ano de aliança, que traz o plano de Deus para nossas vidas.

2 Crônicas 31.4 a 10: “Trouxe os sacerdotes e os levitas, ajuntou-os na praça oriental e lhes disse: Ouvi-me, ó levitas! Santificai-vos, agora, e santificai a Casa do SENHOR, Deus de vossos pais; tirai do santuário a imundícia. Porque nossos pais prevaricaram e fizeram o que era mau perante o SENHOR, nosso Deus, e o deixaram; desviaram o seu rosto do tabernáculo do SENHOR e lhe voltaram as costas. Também fecharam as portas do pórtico, apagaram as lâmpadas, não queimaram incenso, nem ofereceram holocaustos nos santuários ao Deus de Israel.
Pelo que veio grande ira do SENHOR sobre Judá e Jerusalém, e os entregou ao terror, ao espanto e aos assobios, como vós o estais vendo com os próprios olhos. Porque eis que nossos pais caíram à espada, e, por isso, nossos filhos, nossas filhas e nossas mulheres estiveram em cativeiro. Agora, estou resolvido a fazer aliança com o SENHOR, Deus de Israel, para que se desvie de nós o ardor da sua ira.”

Ezequias conhecia as consequências da quebra da aliança: fome, destruição, derrota, miséria, sofrimento, templo fechado e famílias destruídas. Mas Ezequias não aceitou a hereditariedade, mas desprezou o mal de Acaz, seu pai, e fez a aliança que o tornaria próspero e vitorioso.

O que precisamos?

1- Viver o poder da aliança

Êxodo 34.10: “Então, disse: Eis que faço uma aliança; diante de todo o teu povo farei maravilhas que nunca se fizeram em toda a terra, nem entre nação alguma, de maneira que todo este povo, em cujo meio tu estás, veja a obra do SENHOR; porque coisa terrível é o que faço contigo.”

Deus fez uma aliança que iria gerar muitas maravilhas no meio do povo. Essa aliança foi confirmada em Jesus Cristo. Ezequias entendeu que essa era a maneira de transformar a vida do povo exercer o poder da aliança.

A igreja tem esse poder nos dias de hoje o poder da aliança em Jesus Cristo, o fiel e verdadeiro.

Jeremias 33.20 a 21: “Assim diz o SENHOR: Se puderdes invalidar a minha aliança com o dia e a minha aliança com a noite, de tal modo que não haja nem dia nem noite a seu tempo, poder-se-á também invalidar a minha aliança com Davi, meu servo, para que não tenha filho que reine no seu trono; como também com os levitas sacerdotes, meus ministros.”

Aconteça o que acontecer, Deus não vai quebrar a aliança.

2- Entrar na prosperidade da aliança

Êxodo 19.5 e 6: “Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha; vós me sereis reino de sacerdotes e nação santa. São estas as palavras que falarás aos filhos de Israel.”

 Deus prometeu dar as bênçãos da terra para nós e nos fazer o seu tesouro. Essa aliança está desprezada porque não conhecemos a prosperidade que há na aliança, temos promessas superiores a essa como igreja (Hebreus 8.6).

3- A aliança de Ezequias

2 Crônicas 30.19 e 20: “... que dispôs o coração para buscar o SENHOR Deus, o Deus de seus pais, ainda que não segundo a purificação exigida pelo santuário. Ouviu o SENHOR a Ezequias e sarou a alma do povo.”

Você é livre pelo poder da aliança de Jesus Cristo.

Ezequias abriu as portas para um novo tempo, essa porta se chama Jesus Cristo

João 10.9: “Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem.”

 Isso nos dá três bênçãos:

- Independência;

- Família;

- Prosperidade.

2 Crônicas 31.10 e 11: “Então, o sumo sacerdote Azarias, da casa de Zadoque, lhe respondeu: Desde que se começou a trazer à Casa do SENHOR estas ofertas, temos comido e nos temos fartado delas, e ainda há sobra em abundância; porque o SENHOR abençoou ao seu povo, e esta grande quantidade é o que sobra. Então, ordenou Ezequias que se preparassem depósitos na Casa do SENHOR.”

Essa aliança abre as portas para a cura, para um grande avivamento espiritual. Esse é o poder da aliança. Estamos debaixo da aliança definitiva, não mais feita por uma condição humana, mas pelo sangue de Jesus Cristo.

1 Coríntios 11.25: “Por semelhante modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a nova aliança no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim.”

Quem tem aliança vive um tempo novo! Receba esse poder da aliança, em nome de Jesus! O pode da aliança vai trazer sinais, prodígios e poderes miraculosos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.